Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48352

TitleFlow experience in startups and relations with job characteristics and motivation: an exploratory study
Other titlesA experiência de flow em startups e relações com a características do trabalho e a motivação: um caso de estudo
Author(s)Vale, Inês Sofia Alves do
Advisor(s)Albuquerque, Teresa Margarida Moreira Freire Barbas de
KeywordsFlow
Job characteristics
Work motivation
Startups
Características do trabalho
Motivação
Issue date2017
Abstract(s)The concept of flow has been identified as a set of interrelated constructs that allows satisfaction and employee well-being. The present study aims to explore the quality of daily life on startups, using the Experience Sampling Method (ESM). In line with this, was investigated the quality of experience in terms of internal and external dimensions, as well as, the variations of states that characterized the daily experience. Finally, the relationship between flow state, work motivation and stable job characteristics was taking account. This study was conducted with a sample of 14 participants from Startup Braga, an innovation hub created to support the devolving of potential entrepreneurial projects. Results revealed that participants spent more time in control state. Moreover, nonproductive activities showed more positive affect, motivation, control and skills (internal dimensions of experiences) than productive activities. The job characteristics included were not, however, significantly related to internal dimensions of flow state.
O conceito de flow tem sido identificado como um conjunto de conceitos interrelacionados que permitem a satisfação e o bem-estar no trabalho. O objetivo do presente estudo é explorar o dia-a-dia, usando o Experience Sampling Method (ESM). Posto isto, foi investigado a qualidade da experiência em termos de dimensões internas e externas, bem como, as variações de estados que caracterizam a experiência do dia-a-dia. Por último, a relação entre o estado de flow, motivação e as características do trabalho foram tidas em conta. O estudo foi conduzido com uma amostra de 14 participantes do Startup Braga, que é um hub de inovação desenhado para apoiar a criação e o desenvolvimento de projetos empreendedores com elevado potencial. Os resultados revelaram que os participantes despendem mais tempo num estado de controlo. Adicionalmente, as atividades não produtivas mostraram mais afeto positivo, motivação, controlo e competências (dimensões internas da experiência) do que as atividades produtivas. No entanto, não foram encontradas associações significativas entre as características do trabalho e as dimensões internas do estado de flow.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48352
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Inês Sofia Alves do Vale.pdf490,09 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID