Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48333

TitleParticipação em clubes comunitários: impacto na adaptabilidade, envolvimento, estudo e bem-estar
Other titlesParticipation in community clubs: impact on adaptability, engagement, study and well-being
Author(s)Fernandes, Lilliana da Conceição Morais
Advisor(s)Cunha, Maria Céu
KeywordsAdolescência
Adaptabilidade de carreira
Envolvimento dos alunos na escola
Motivação
Bem-estar
Adolescence
Career adaptability
Students’ engagement in school
Motivation
Well-being
Issue date2017
Abstract(s)A adolescência é propícia ao desenvolvimento da identidade vocacional, já que inclui momentos de transição e de tomada de decisão. Os Clubes Comunitários são uma estratégia de intervenção vocacional preventiva que considera o papel dos contextos na promoção desta identidade, focados na exploração de carreira. Neste estudo quasi-experimental, verificou-se o impacto dos Clubes Comunitários na adaptabilidade de carreira, envolvimento na escola, processos de estudo e bem-estar de estudantes portugueses. Utilizou-se a Escala sobre Adaptabilidade, a Escala do Envolvimento dos Alunos na Escola, o Inventário dos Processos de Estudo e a Escala de Satisfação com a Vida, antes e depois da intervenção. Participaram 46 alunos do 10º ano, de três escolas do noroeste do país, 28 no grupo de intervenção e 18 no de comparação, com idades entre 13 e 18 anos (M = 15.13; DP = .78). Os resultados de uma MANOVA mista indicam um efeito positivo do grupo na adaptabilidade de carreira (preocupação, perceção de controlo, e curiosidade) e nos processos de estudo (abordagem profunda), a favor do grupo de intervenção. Verificou-se um efeito do tempo no envolvimento comportamental e agenciativo na escola. Esta estratégia parece ser algo promissora na área da intervenção vocacional, sendo importante o seu desenvolvimento.
Adolescence is a propitious phase for the development of vocational identity, since it includes moments of transition and decision making. Community Clubs are a strategy of preventive career intervention that considers the role of contexts in promoting that identity, focused on career exploration. In this quasi-experimental study, we verified the impact of the Community Clubs in the career adaptability, involvement in the school, processes of study and well-being of Portuguese students. The Adaptability Scale, the Scale of Student Engagement in School, the Inventory of Study Processes and the Life Satisfaction Scale, were used before and after the intervention. Participants included 46 students in the 10th grade, from three schools in the northwestern part of the country, 28 in the intervention group and 18 in the comparison group, aged 13 to 18 years (M = 15.13; SD = .78). The results of a mixed MANOVA indicate a positive effect of the group on career adaptability (concern, control, and curiosity) and in the study processes (deep approach) in favor of the intervention group. There was an effect of the group on behavioral and agency engagement in school. This strategy seems to be promising for career intervention, and its development is important.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48333
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Liliana da Conceição Morais Fernandes.pdf3,13 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID