Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/48310

TitleA compreensão do tempo para o desenvolvimento do pensamento histórico: um estudo com alunos portugueses do 1º ciclo do Ensino Básico
Author(s)Costa, Anabela
Solé, Maria Glória Parra Santos
KeywordsTempo
Mudança
Pensamento Histórico
Compreensão Histórica
Cognição Histórica
Educação Histórica
Issue date2017
PublisherPaco Editorial
CitationCosta, A. & Solé, G. (2017). A compreensão do tempo para o desenvolvimento do pensamento histórico: um estudo com alunos portugueses do 1.º Ciclo. In Halferd Júnior e Mairon Valério (Org.). Ensino de História e Currículo: Reflexões sobre a Base Nacional Comum Curricular, Formação de Professores e Prática de Ensino (pp. 141-162). Jundiaí: Paco Editorial.
Abstract(s)A investigação que se apresenta resulta da implementação de um projeto investigativo de intervenção pedagógica supervisionada, que se desenvolveu no âmbito do plano de estudos do Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclo do Ensino Básico da Universidade do Minho. Procurou-se, com a concretização do projeto, compreender de que modo as crianças desenvolvem noções de temporalidade, que dificuldades evidenciam e em que medida a utilização de estratégias diversificadas e atividades desafiadoras promove o desenvolvimento da compreensão temporal e, consequentemente, do pensamento histórico. O projeto foi desenvolvido numa escola do 1º Ciclo do Ensino Básico e numa turma constituída por 19 alunos do 2º ano de escolaridade, com idades compreendidas entre os 6 e os 8 anos. A necessidade que se constatou da realização de atividades que incitassem o desenvolvimento de conceitos de tempo junto das crianças da turma participante foi notória desde o período de observação que antecedeu a implementação do projeto. Verificámos, em vários momentos de diálogo entre a turma e a professora cooperante, que os alunos evidenciavam dificuldades relativamente à localização temporal e demonstravam um conhecimento pouco consolidado de noções temporais, nomeadamente unidades de medida de tempo. Paralelamente a estas constatações, atendeu-se ao caráter primordial do conceito de tempo no ensino da História e simultaneamente à natureza integradora da área curricular de Estudo do Meio, que integra várias disciplinas científicas, permitindo a adoção de uma prática de cariz interdisciplinar inerente à metodologia do presente projeto. Salienta-se ainda a presença do conceito de tempo nos documentos que definem o currículo e orientam a pratica pedagógica, como o Programa de Estudo do Meio (ME, 2004), o Currículo Nacional do Ensino Básico e Competências Essenciais (2001), o Programa de Matemática (MEC, 2013). O projeto integra uma componente investigativa, através da qual se procurou dar resposta às seguintes questões: 1) Como constroem os alunos noções de tempo físico ao nível do sistema convencional de medição do tempo? 2) Que conceções de mudança evidenciam os alunos perante atividades de sequencialização de acontecimentos históricos (linhas de tempo; ordenação de imagens)? 3) Que competências desenvolveram os alunos ao nível da compreensão da temporalidade a partir de atividades desafiadoras? A par da componente investigativa desenvolveu-se uma prática pedagógica através da implementação de diversas atividades desafiadoras. Neste sentido, ao longo de sete sessões foram trabalhados diferentes construtos associados ao conceito de tempo como as unidades de medida de tempo, o tempo do relógio, o tempo do calendário e o tempo associado ao conceito de mudança. O presente texto incide neste último construto - o tempo como mudança (progressos e permanências) – relativamente ao passado pessoal e ao passado mais distante, que se remeteu neste estudo ao passado dos pais e dos avós.
TypebookPart
URIhttp://hdl.handle.net/1822/48310
ISBN978-85-462-0951-4
Publisher versionhttps://www.pacolivros.com.br/Ensino_de_Historia_e_Curriculo/prod-4912864/
Peer-Reviewedyes
AccessopenAccess
Appears in Collections:CIEd - Capítulos de Livros / Book chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Solé_Paco Ed cap8.pdf2,25 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis