Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/45892

TitleAchados metálicos do Vouga e do Baixo Mondego (Centro de Portugal): contributos para a sua contextualização e interpretação
Author(s)Bettencourt, Ana M. S.
Cruz, Carlos
Comendador Rey, Beatriz
Rodrigues, Alexandre
KeywordsBacias do Vouga e Baixo-Mondego
Bronze Final
Achados metálicos e depósitos
Contextos físicos
Propósitos sociais
Vouga e Mondego lowers basins
Late Bronze Age
Metallic finds and hoards
Physical contexts
Social purposes
Issue date2014
PublisherAssociação Portuguesa para o Estudo do Quaternário (APEQ)
Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» (CITCEM)
CitationCRUZ, C.; BETTENCOURT, A.M.S.; COMENDADOR REY, B.; RODRIGUES, A. (2014). Achados metálicos do Vouga e do Baixo Mondego (Centro de Portugal): contributos para a sua contextualização e interpretação, in A.M.S. Bettencourt, B. Comendador Rey, H. A. Sampaio, E. Sá (eds.), Corpos e Metais na Fachada Atlântica da Ibéria. Do Neolítico à Idade do Bronze. Braga: APEQ, CITCEM, 143-155.
Abstract(s)O objetivo deste texto é a apresentação do contexto físico de cinco achados ou conjuntos metálicos da bacia do Vouga e do Baixo-Mondego resultantes de trabalhos de prospeção efetuados no âmbito do projeto Enardas. Referimo-nos aos achados ou depósitos designados por Coles de Samuel e Vale Centeio, ambos no concelho de Soure; ao de Travassos, no concelho da Mealhada e ao de Baralhas, no concelho de Vale de Cambra. No primeiro foi possível identificar o local e o contexto cultural do conjunto metálico e perceber que este correspondia a um depósito fechado; no caso de Vale Centeio foi apenas identificado, no terreno, o local genérico do achado; no caso de Travassos foi relocalizado o achado e nos casos de Baralhas foram descritos com mais acuidade os contextos físicos dos locais de achado. Apesar das particularidades todos os achados apresentam alguns denominadores comuns em termos físicos: conectam-se, direta ou indiretamente, com pequenas bacias de receção ou nascentes, com sítios relativamente depressionários e com visibilidades restritas. Apesar desta última característica, todos estes locais se vinculam com vales agrícolas que visualizam. A conjugação da localização destes achados no espaço, com a sua morfologia e as suas características técnicas possibilitam-nos algumas interpretações de ordem cultural sobre as comunidades da Idade do Bronze que as depositaram.
The aim of this paper is the presentation of the physical context of five metallic finds and hoards found in the Vouga and Lower Mondego basins and resulting from surveys made under the pro-ject Enardas. We refer to the findings and hoards called Coles de Samuel and Vale Centeio, both in the municipality of Soure; to Travassos, in the municipality of Aveiro and to Baralhas, in the municipality of Vale de Cambra. At first, it was possible to identify the location and the cultural context of the metallic hoard and realize that this corresponded to a closed deposit; in the case of Vale Centeio has been only identified in the field, the general location of the find; in hoard of Travassos has been relocated and the gold hoard of Baralhas the physical contexts of the find have been described more precisely. Although the specifics, all findings have some common denominators in physical terms: they are directly or indirectly connect with small watersheds or springs and in sites with restricted visibility. Despite this last feature, all these places are bound with agricultural valleys that visualize.The combination of the location of the finds in space, with its morphology and its technical characteris-tics, allow us some interpretations of cultural features of the Bronze Age communities that deposited them.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/45892
ISBN978-989-20-5037-9
AccessOpen access
Appears in Collections:DH - Capítulos de Livros/Book Chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
10 - Cruz et al_Rec.pdf2 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID