Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/45879

TitleAs mudanças climáticas no Twitter: a ascendência da mídia e da política
Other titlesClimate change in Twitter: the prevalence of media and politics
Author(s)Balbé, Alice Dutra
Carvalho, Anabela
KeywordsMudanças climáticas
Comunicação
Redes sociais
Twitter
Mídia
Política
Climate change
Communication
Social media
Politics
Issue dateApr-2017
PublisherUniversidade Federal do Paraná (UFPR)
JournalDesenvolvimento e Meio Ambiente
Abstract(s)A 21ª Conferência das Partes (COP21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças no Clima foi apontada como a mais promissora reunião para um acordo global de combate aos efeitos das mudanças climáticas e redução da emissão de gases de efeito estufa. Este artigo analisa a comunicação sobre as mudanças climáticas no ambiente online durante o período da Conferência. Os temas debatidos nas redes sociais são suscetíveis a afetar o debate de forma ampla e trazem importantes informações a respeito da opinião pública e de percepções sobre as mudanças climáticas (Williams et al., 2015). Para este fim, o trabalho foca-se na popular rede social Twitter, que tem sido apontada como um termômetro da percepção pública (Brown & Wake, 2015). O Twitter tem mais de 310 milhões de utilizadores ativos por mês, dos quais 79% estão fora dos Estados Unidos da América, o que possibilita analisar outros contextos e fomentar a investigação em idiomas sub investigados, como o espanhol e o português. Lança-se um primeiro olhar sobre os usos e conteúdos publicados no Twitter nas línguas mencionadas visando responder às seguintes questões: Que tipo de conteúdos são mais populares no Twitter sobre mudanças climáticas? Qual a linguagem (palavras e nomes) utilizada para se debater o tema? Até que ponto é que a mídia tradicional é referência relevante no contexto da comunicação sobre as mudanças climáticas na rede social? Quem são os atores que formam esta rede e quais são os mais influentes? Conclui-se, entre outros aspectos, que entre os atores da rede se destacam diversos políticos e que a mídia é referência importante de informação nesta rede social. Nos dados em língua portuguesa, constatou-se um nível de atividade muito elevado dos cidadãos, que dominaram a produção de conteúdos sobre a COP21.
The 21st Conference of Parties (COP21) of the United Nations Framework Convention on Climate Change was identified as the most promising summit for a global agreement aiming to combat the effects of climate change and to reduce emissions of greenhouse gases. This article analyses online communications about climate change during the Conference. The subjects discussed in social networks are likely to affect public debates and provide important information regarding public opinion and perceptions of climate change (Williams et al., 2015). This paper focuses on the popular social network Twitter, which has been considered a barometer of public perception (Brown & Wake, 2015). Twitter has more than 310 million active users per month, of which 79% are outside the United States, allowing for analyses of different linguistic contexts, namely underresearched ones, such as Spanish and Portuguese. The study provides an overview of Twitter uses and content in those languages and aims to answer the following research questions: Which type of content about climate change is most popular in Twitter? What kind of language (words and names) is used to discuss this issue? To what extent are traditional media a relevant reference in climate change communication in this social medium? Who are the actors that compose this social network and who are the most influential ones? We conclude, among other things, that several politicians stand out as some the most influential actors and that the media are important sources of information in this social network. In the Portuguese data, the study found a very high level of activity of citizens, who dominated the production of content on COP21.
TypeArticle
URIhttps://hdl.handle.net/1822/45879
DOI10.5380/dma.v40i0.49047
ISSN1518-952X
e-ISSN2176-9109
Publisher versionhttp://revistas.ufpr.br/made/article/view/49047/32104
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Artigos em revistas internacionais / Articles in international journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Balbe_Carvalho_2017_DMA.pdf1,06 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID