Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/45513

TítuloSettlement and flooding of the ancient Sundaland continent
Outro(s) título(s)Colonização e inundação do continente ancestral Sundaland
Autor(es)Rodrigues, Simão Moreira
Orientador(es)Soares, Pedro Alexandre Dias
Data7-Dez-2016
Resumo(s)The region of Southeast Asia (SEA) is commonly sub-divided into Mainland (MSEA) and Island SEA (ISEA). However, 15 thousand years (ka) ago MSEA and West ISEA were a single land mass named the Sundaland continent until sea-level rises following the Ice Age led to the flooding of a large part of the land, resulting in today’s topography and an increment of the coastline. The Sundaland continent was most probably colonized by modern humans more than 50 ka following a Southern Route out of Africa through the Indian Subcontinent [1]. Here 1239 complete mitochondrial genomes were analyzed corresponding to lineages from SEA and the Pacific (PAC) (of which 220 are novel) that most likely represent descending lineages from the first founders of SEA whose coalescence ages provide a direct estimate of the age of settlement. The data was analyzed phylogenetically using different methods (parsimony, Bayesian analysis and maximum likelihood) and estimated ages of the clades using a range of standard human mitochondrial DNA molecular clocks [2]. The first settlement of the Sundaland continent was estimated to have occurred between 55 and 60 ka, a value that fits well the current archaeological record. This time frame also corresponds to the revised probable time of extinction of the Homo floresiensis in the island of Flores (Indonesia), which could have been prompted by modern human presence. After the Last Glacial Maximum the Sunda shelf was flooded due to the sea-level rising, whose episodic occurrences were likely to cause population displacement and expansions of the local populations [3]. Following the first settlement our major phylogeographic signal indicates lineage splits between ISEA and MSEA starting after 20 ka with a peak at about 8 ka, the time of the last episodic flood [3].
A região do Sudeste Asiático (SEA) é geralmente subdividida em Continental (CSEA) e Ilhas (ISEA). No entanto, há 15 mil anos atrás (ka) o CSEA e a zona oeste da ISEA eram uma única massa de terra chamado o continente Sundaland até que subidas do nível do mar na sequência da Idade do Gelo levaram à inundação de uma grande parte da terra, resultando na topografia de hoje e num aumento da extensão de costa. O continente Sundaland foi provavelmente colonizada por seres humanos modernos há mais de 50 ka através de uma rota do sul da África pelo do subcontinente indiano [1]. Neste trabalho foram analisados 1239 genomas mitocondriais completos de SEA e do Pacífico (PAC) (dos quais 220 são novos) que representam linhagens descendentes dos primeiros fundadores da SEA cujas idades de coalescência fornecem uma estimativa direta da idade de colonização. Foram analisados os dados filogeneticamente utilizando métodos diferentes (parcimónia, análise Bayesiana e máxima verossimilhança) e as idades estimadas dos clades utilizando uma gama de relógios moleculares de DNA mitocondrial humanos [2]. Estimou-se a primeira colonização do continente Sundaland ter ocorrido entre 55 e 60 ka, um valor que se encaixa bem no registro arqueológico atual. Este prazo corresponde também ao tempo provável revisto da extinção do Homo floresiensis na ilha de Flores (Indonésia), o que poderia ter sido motivada pela presença humana moderna. Após o Último Máximo Glacial a placa da Sunda foi inundada devido à subida do nível do mar, cujas ocorrências episódicas foram provavelmente a causa do deslocamento da população e expansões das populações locais [3]. Na sequência da primeira colonização o nosso principal sinal filogeográfico indica “splits” nas linhagens entre ISEA e MSEA começando após 20 ka com um pico em cerca de 8 ka, data da última inundação episódica [3].
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Genética Molecular
URIhttp://hdl.handle.net/1822/45513
AcessoembargoedAccess (2 Years)
Aparece nas coleções:DBio - Dissertações de Mestrado/Master Theses
BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Simao Moreira Rodrigues.pdf3,74 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis