Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/44241

TitleA luz como material de construção: a Piscina das Marés em Leça da Palmeira
Author(s)Fernandes, Eduardo Jorge Cabral dos Santos
KeywordsArquitetura
Luz
Significado
Sensorial
Issue dateApr-2016
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Abstract(s)Na obra de Álvaro Siza Vieira a luz é um dos instrumentos mais importantes na concretização das qualidades espaciais da construção. Nos seus projetos, os espaços, linguagens e formas criados por um grande número de arquitetos modernos são usados como inspiração, num processo que se aproxima de uma colagem, mas que pressupõe um propósito de comunicação que é quase literário. Esta metodologia está relacionada com uma conceção da arquitetura como arte, onde o desenho da luz se torna essencial, tornando a vivência dos seus edifícios uma experiência com efeitos surpreendentes a nível visual, sensorial e cognitivo. A arquitetura de Siza é simultaneamente poética (harmonizando uma intenção estética e a comunicação subliminar de uma mensagem) e tátil (feita de sensações e detalhes); por isso, não pode ser entendida apenas pela observação de imagens, deve ser experienciada num percurso no espaço e no tempo: as várias dimensões da sua arquitetura só podem ser entendidas por um utilizador em movimento. A Piscina das Marés de Leça da Palmeira é um exemplo perfeito da importância da luz neste processo de comunicação.
TypeConference paper
DescriptionPublicado em "Atas do Congresso Internacional Comunicação e Luz". ISBN 978-989-8600-58-5
URIhttp://hdl.handle.net/1822/44241
ISBN978-989-8600-58-5
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:EA - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
meu texto.pdf835,71 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID