Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/43931

TitleJogos de improvisação como estratégia para a aquisição de competências técnicas e musicais na aprendizagem da percussão
Other titlesImprovisation games as a strategy for the acquisitions of technical and musical skills in the percussion learning
Author(s)Costa, Paulo Alexandre Pereira da
Advisor(s)Aroso, Nuno
KeywordsImprovisação
Jogos de improvisação
Criatividade
Percussão
Ensino de música
Improvisation
Improvisation games
Creativity
Percussion
Music teaching
Issue date2016
Abstract(s)Este relatório descreve o estágio profissional do Mestrado em Ensino de Música da Universidade do Minho realizado na Escola Artística Conservatório de Música do Porto e tem como tema “Jogos de improvisação como estratégia para a aquisição de competências técnicas e musicais na aprendizagem da percussão”. O estágio profissional contou com uma primeira fase de observação de aulas e com uma segunda fase de intervenção pedagógica. Para tal, e depois de revista a literatura sobre o assunto, elaborou-se um conjunto de jogos de improvisação que foram implementados em todos os contextos de estágio: aulas individuais de percussão e grupo de percussão. O objetivo foi introduzir a improvisação na sala de aula, como forma de os alunos adquirirem competências técnicas e musicais através de jogos de improvisação estruturados, conciliando-os com o programa definido para cada aluno, de uma forma lúdica e apelativa. Dos dados recolhidos conclui-se que a intervenção foi positiva, verificando-se uma boa reação aos jogos por parte dos alunos, que se traduziu em maior motivação e evolução. Embora os alunos tenham demonstrado evolução em alguns jogos, não foi possível constatála em todos eles, uma vez que o tempo de intervenção pedagógica foi curto para o número de jogos aplicados. Para uma constatação mais eficaz da pertinência pedagógica deste projeto, sugere-se um estudo a longo prazo onde seja possível explorar cada um dos jogos durante mais tempo e daí observar outro tipo de resultados.
This report describes the professional internship for the Masters in Music Education of the University of Minho held in Escola Artística Conservatório de Música do Porto (Artistic School Oporto Conservatory of Music) with the theme "improvisation games as a strategy for the acquisition of technical and musical skills in the percussion learning." The internship included a first phase of classroom observation and a second phase of pedagogical intervention. To this end, and after reviewing the literature on the subject, a set of improvisational games were produced, which have been implemented in every stage of the internship: Instrument individual classes (percussion) and chamber music (percussion group). The aim was to introduce improvisation in the classroom as a way for students to acquire technical and musical skills through structured improvisation games, combining them with the program set for each student, in a playful and appealing way. From the collected data, it is concluded that the intervention was positive, with a good reaction to the games by the students, which resulted in increased motivation and evolution. Although students have demonstrated an evolution in some games, it was not possible to see this in all of them, since the educational intervention time was too short for the number of applied games. For a more effective realization of the pedagogical relevance of this project, it is suggested a long-term study where one can explore each of the games longer and then observe another kind of results.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ensino de Música
URIhttp://hdl.handle.net/1822/43931
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paulo Alexandre Pereira da Costa.pdf2,07 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID