Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/43211

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCalado, Carlospor
dc.contributor.authorCamões, Airespor
dc.contributor.authorJalali, Saidpor
dc.contributor.authorBarkokébas, Bédapor
dc.date.accessioned2016-12-02T11:00:48Z-
dc.date.available2016-12-02T11:00:48Z-
dc.date.issued2016-11-
dc.identifier.citationCalado C., Camões A., Jalali S., Barkokébas Jr B. Estudo de Viabilidade Econômica do Concreto Auto-adensável Frente ao Concreto Convencional, II CLB-MCS 2016, II Congresso Luso Brasileiro de Materiais de Construção Sustentáveis, 2016-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/43211-
dc.description.abstractA pesquisa buscou demonstrar a viabilidade econômica do CAA frente ao CC através do estudo de custo em laboratório de uma composição de CAA e uma de CC, representativas de composições aplicadas na região do Recife, com mesmo fck e igual a 40 MPa e mesma relação água/ligante de 0,45 (CAA-Lab e CC-Lab). Também se buscou estudar o custo de uma composição de CAA e outra de CC aplicadas em um caso real de obra inaugurada em 2013 (CAA-Obra e CC-Obra), com mesmo fck e igual a 40 MPa e mesma relação água/ligante de 0,40. Para estabelecimento do custo do m3 consideraram-se três variáveis: materiais, fabricação e aplicação, para abranger todas as etapas produtivas. Os custos obtidos foram convertidos de Real para Euro por tratar-se de moeda estável de classe mundial. Para materiais, o m3 custou € 93,43 para CAA-Lab, € 97,86 para CAA-Obra, € 81,79 para CC-Lab e € 84,22 para CC-Obra. Fabricação, custo de € 10,63 para CAA-Lab e CC-Lab. Aplicação, € 6,59 para CAA-Lab e € 14,61 para CC-Lab. Custo total igual a € 110,65 para CAA-Lab e € 107,03 para CC-Lab. Considerando-se apenas os materiais, custo CAA-Lab 14,23% maior que CC-Lab. Para custo total, diferença reduzida para 3,38%. Nas composições da obra estudada, apenas materiais, custo maior de 16,20% para CAA-Obra frente a CC-Obra. Esses resultados demonstram a viabilidade econômica do CAA frente ao CC mesmo sem considerar ganhos indiretos a exemplo de redução no prazo de obras, ruídos e melhor saúde do trabalhador, dentre outros.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectConcreto auto-adensávelpor
dc.subjectConcreto convencionalpor
dc.subjectViabilidade econômicapor
dc.titleEstudo de viabilidade econômica do concreto auto-adensável frente ao concreto convencionalpor
dc.typeconferencePaper-
dc.peerreviewedyespor
dc.commentshttp://ctac.uminho.pt/node/2486por
sdum.publicationstatusinfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpor
oaire.citationConferenceDate07 - 09 Nov. 2016por
sdum.event.typeconferencepor
oaire.citationConferencePlaceJoão Pessoa, Brasilpor
oaire.citationTitleII CLB-MCS 2016, II Congresso Luso Brasileiro de Materiais de Construção Sustentáveispor
dc.date.updated2016-11-22T18:12:17Z-
sdum.conferencePublicationII CLB-MCS 2016, II Congresso Luso Brasileiro de Materiais de Construção Sustentáveispor
Appears in Collections:C-TAC - Comunicações a Conferências Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2486-7.3_VF.pdf329,4 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID