Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/43195

TitleAvaliação da eficiência de remoção de micropoluentes orgânicos através de membranas funcionalizadas
Author(s)Duarte, António A. L. S.
Ferreira, Sofia Marlene Nogueira
Amorim, M. T. Pessoa de
KeywordsMembranas
Micropoluentes orgânicos
Nanopartículas de TiO2.
Oxitetraciclina
Tratamento de águas
Organic micropollutants
Oxytetracycline
Water treatment
Membranes
TiO2 nanoparticles
Issue dateSep-2016
PublisherAssociação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB)
CitationDuarte A. A. L. S., Ferreira S. M. N., Amorim M. T. P. Avaliação da eficiência de remoção de micropoluentes orgânicos através de membranas funcionalizadas, 17º Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental (ENaSB), 2016
Abstract(s)O aumento da disseminação de produtos farmacêuticos no ambiente e os seus efeitos nos seres vivos têm motivado uma atenção crescente, para este problema de saúde pública, quer da comunidade científica, quer das entidades gestoras de sistemas de tratamento de águas. Os antibióticos são um dos grupos de fármacos mais usados no tratamento humano e veterinário, verificando-se que o efeito da presença destes últimos nos ecossistemas aquáticos tem sido menos investigado. Nesse sentido, foi desenvolvido um estudo para avaliação de soluções inovadoras e sustentáveis de remoção da oxitetraciclina (OTC) nas águas, alternativas aos processos de cloragem e de ozonização (potencialmente geradores de subprodutos carcinogénicos). Neste trabalho, apresenta-se a descrição da tecnologia inovadora utilizada, baseada na aplicação de membranas funcionalizadas com nanopartículas de dióxido de titânio (TiO2) e os resultados dos ensaios que visaram fundamentalmente, além da caracterização da permeabilidade hidráulica, avaliar as eficiências de remoção de OTC e o efeito da presença desse fotocatalisador na membrana. As eficiências finais obtidas não são satisfatórias, sendo os maiores valores atingidos nas membranas funcionalizadas.
The increasing spread of pharmaceuticals in the environment and their effects on living beings have lead a growing attention to this public health problem, either the scientific community or the urban water systems utilities. Antibiotics are one of the groups most commonly used drugs in the human and veterinary healthcare, and it was verifying that the effect of the presence of the latter ones on aquatic ecosystems has been less studied. Therefore, a research work was developed to evaluate innovative and sustainable technical solutions aiming oxytetracycline (OTC) removal from waters, as alternative to the processes of chlorination and ozonisation (potentially forming carcinogenic by-products). This paper presents the description of the used innovative technology, based on the application of membranes functionalized with titanium dioxide nanoparticles (TiO2), and the results of the performed lab-tests. Besides the hydraulic permeability characterization, assays aim to evaluate the OTC removal efficiencies, and the effect of this photocatalyst on separation process performance. The obtained final efficiencies are not satisfactory, reaching the highest values in the functionalized membranes.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/43195
Peer-Reviewedyes
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:C-TAC - Comunicações a Conferências Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2315-17ENASB_2016_Duarte et al.pdf
  Restricted access
994,64 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID