Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/42589

Title“Dou esta entrevista em legítima defesa”: da prisão para os ecrãs
Author(s)Moreira, Ana Beatriz Gomes
KeywordsComunicação
Política
Justiça
Corrupção
Narrativas
Communication
Politics
Justice
Corruption
Narratives
Issue date2015
PublisherUniversidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes (ECA)
Abstract(s)Nesta comunicação pretende-se debater, de forma sintética, as características principais das narrativas mediáticas sobre corrupção de políticos. Com efeito, o crescimento da formação em política, a aprendizagem do marketing e da comunicação política levam Castells (2002) a sugerir que os atores políticos tem hoje uma existência profundamente mediada, isto é, quer se queira quer não, a política desenrola-se nos meios de comunicação, espaços de criação e de montagem cénica constante. Assumindo que os media tem um papel importante na forma como o público constrói representações sobre a corrupção e a avalia, faz sentido perguntar como estão os media portugueses a narrar este fenómeno e, mais especificamente, até que ponto atuam como espaços de julgamento dos políticos e dos juristas envolvidos. Problematizando estas questões, a comunicação analisa o evento da prisão do ex-primeiro ministro português transmitida pelas televisões, em 2014, por alegado ato de corrupção durante o tempo de exercício desse cargo público.
This communication seeks to discuss of the process by which media covers cases of political corruption. The increase relevance given to political training and political marketing as well as relevance ascribed to political communication have lead Castells (2002) to suggest that political actors have today a deeply mediated existence. Everywhere, politics unfolds in the media, creating several sceneries for political action and discourses to take place. In this communication authors assume that media has an important role in how the public understand corruption and judge it. Therefore, on the light of existing literature, this paper questions how media is effectively “making” this phenomenon, and how can media be conceived as spaces of judgment both of politics and judges The paper is grounded on the analysis about the modes by which television has addressed the prison of a Portuguese ex-prime minister in 2014 based on alleged acts of corruption when exercising that public role.
TypeConference paper
DescriptionPublicado em: "Anais do XIV Congresso Ibero-Americano de Comunicação IBERCOM 2015 : comunicação, cultura e mídias sociais." ISBN 978-85-7205-150-7
URIhttp://hdl.handle.net/1822/42589
Publisher versionhttp://www.assibercom.org/download/Ibercom_2015_Anais_Ficha_e_Sumario.pdf
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AMoreira_2015_assibercom.pdf250,22 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID