Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/41970

TitleOs professores de ciências concebem a ciência como atividade cultural? Resultados de um estudo comparativo
Other titlesDo science teachers conceive science as a cultural activity? Results of a comparative study
Author(s)Baptista, Geilsa Costa Santos
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsConcepções de ciências
Formação de professores
Diversidade cultural
Conceptions of science
Teacher training
Cultural diversity
Issue date2015
PublisherAssociação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC)
CitationBaptista, G.C.S. & Carvalho, G.S. (2015). Os professores de ciências concebem a ciência como atividade cultural? Resultados de um estudo comparativo. In:Anais X ENPEC (Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências). Águas de Lindóia, São Paulo, Brasil, 24-27 novembro 2015.
Abstract(s)Apresentamos e discutimos os resultados de um estudo comparativo entre Brasil e Portugal envolvendo professores de ciências e suas concepções sobre a natureza da ciência. As entrevistas mostraram que os professores brasileiros apresentaram uma definição ampla da ciência que envolve a natureza da ciência enquanto os portugueses focalizaram-se mais na noção positivista da ciência, o que pode estar associados à sua formação científica inicial. Os resultados sustentam a importância de pesquisas com amostras maiores de participantes em ambos os países, o que poderá gerar dados que contribuam para melhorar os currículos de formação do professor de ciências em ambos os países, com especial referência à diversidade cultural.
Here are presented and discussed the results of a comparative study between Brazil and Portugal involving science’s teachers and their conceptions of the nature of science. The interviews showed that Brazilian teachers presented a broad definition of science that involves the nature of science while the Portuguese teacher are more focused on the positivist notion of science, which can be associated with their initial scientific training. The results support the need to develop researches with larger samples of participants in both countries, which could generate data that would contribute to improving sciences teachers’ curricula with particular reference to cultural diversity in both countries.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/41970
ISSN1809-5100
Publisher versionhttp://www.xenpec.com.br/anais2015/listaresumos.htm
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENPEC-2015_ProfsCiencia.pdf442,27 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID