Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/40152

TitleO erro médico na imprensa portuguesa: quando os pacientes fazem parte da notícia
Other titlesMedical error in the portuguese press: when patients are part of the news
Author(s)Marinho, Sandra
Ruão, Teresa
Lopes, Felisbela
Fernandes, Luciana Gabriela Moura
KeywordsErro médico
Pacientes
Saúde
Jornalismo
Imprensa
Portugal
Medical error
Patients
Health
Journalism
Press
Issue date2015
PublisherUniversidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
JournalSaúde e Sociedade
CitationMarinho, Sandra, Ruão, Teresa, Lopes, Felisbela, & Fernandes, Luciana. (2015). Medical error in the Portuguese press: when patients are part of the news. Saúde e Sociedade, 24(4), 1362-1376. https://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902015138469
Abstract(s)Esta investigação aborda a qualidade da produção noticiosa sobre o erro médico, como um fator essencial na construção do conhecimento público sobre o tema, com o objetivo de compreender que características definem tal produção e até que ponto poderão ser explicadas pela periodicidade e orientação editorial dos jornais; que conceito de erro médico é veiculado pela produção noticiosa sobre o tema; e quais são os protagonistas no discurso jornalístico sobre o erro médico. Foram analisadas as edições de três jornais portugueses, de 2008 a 2011, resultando num corpus de 266 (4,2%) artigos, que foram classificados de acordo com as seguintes variáveis: as fontes de informação citadas (o seu estatuto e especialidade, no caso dos médicos); os temas que são tratados; as características de enquadramento da informação publicada (tom, género jornalístico; e a presença e número de fontes de informação). Pela análise de conteúdo quantitativa, apurou-se que esse tema está em crescimento, essencialmente com notícias de tom negativo e fontes de informação habitualmente identificadas. Não há evidência para afirmar que a periodicidade e a orientação editorial expliquem as variações dessas características, a não ser relativamente ao número de fontes citadas. Vigoram as notícias centradas nos resultados dos erros (mortes ou lesões), provocados por "erros de omissão" e por "erros de comissão", envolvendo uma diversidade de protagonistas: são, tal como acontece na informação sobre saúde em geral, fontes oficiais e especializadas do campo da saúde. Destacam-se os médicos e os juristas e é dado relevo aos pacientes.
This research addresses the quality of news production on medical error, as an essential factor in building public knowledge on the subject, in order to understand which characteristics define the news production of medical error and to what extent can they be explained by the periodicity and editorial orientation of the newspaper; which concept of medical error is transmitted by the news production on the subject; and who are the main actors in the journalistic discourse about medical error. The editions of three Portuguese newspapers were analyzed, from 2008 to 2011, resulting in a corpus of 266 (4.2%) articles, which were classified according to the following variables: the sources of information quoted (their status and specialty, in the case of doctors); the issues covered; and characteristic framework of the published information (tone, journalistic style, and the presence and number of information sources). Through quantitative content analysis, it was found that this topic is growing, essentially with negative news and information sources usually being identified. There is no evidence to support that periodicity and editorial orientation explain the variations in these characteristics, except for the number of cited sources. News focused on the results of errors (death or injury), caused by "errors of omission" and "commission errors", prevail, involving a variety of actors: they are, such as it happens in health information, in general, official sources and experts in health. Doctors and lawyers stand out, and special attention is given to patients.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/40152
DOI10.1590/S0104-12902015138469
ISSN1984-0470
Publisher versionhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902015000401362&lng=pt&nrm=iso&tlng=en
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Artigos em revistas internacionais / Articles in international journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
sausoc_2015_erromédico.pdf353,46 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID