Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/39291

TitleImplementação da manutenção autónoma numa empresa de mobiliário
Other titlesImplementation of autonumous maintenance in a furniture company
Author(s)Vaz, Cláudia Marta Ferreira
Advisor(s)Lopes, Isabel da Silva
KeywordsManutenção autónoma
TPM
Instruções de trabalho
Operadores
Melhoria contínua
Autonomous maintenance
Standard work
Operators
Continuous improvement
Issue date2015
Abstract(s)A presente dissertação realizada no âmbito da conclusão do 5º ano do Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial, na Universidade do Minho, descreve a realização de um projeto que teve como objetivo principal o desenvolvimento da manutenção autónoma numa empresa de mobiliário, a IKEA Industry Portugal. A conjetura atual obriga as empresas a minimizarem custos e a implementarem metodologias de gestão de modo a aumentarem a sua eficiência e tornarem-se mundialmente competitivas. A IKEA Industry Portugal está inserida num mercado altamente competitivo, e por isso sente cada vez mais a necessidade de melhorar a sua eficiência e produtividade ao menor custo possível. É desta forma que a implementação da metodologia TPM, mais propriamente o pilar da manutenção autónoma, se torna fundamental para alcançar esse objetivo. O projeto descrito nesta dissertação focou-se em duas linhas, muito semelhantes entre si, a linha 1 e 2 da área EB&D da fábrica Lacquer&Print, e pretendeu melhorar as tarefas de manutenção autónoma realizadas atualmente pelos operadores de produção, com a intenção de reduzir as paragens não planeadas devido à falta de manutenção. Na fase inicial do projeto foram analisados os indicadores de desempenho – eficiência, disponibilidade e desempenho - destas duas linhas durante o mês de Abril de 2015, passando posteriormente para a análise mais detalhada dos fatores que interferem nestes indicadores. Foi, deste modo, feita a análise das paragens das linhas 1 e 2 e verificou-se que, na linha 1, do tempo total das paragens ocorridas, 33% deveram-se a troca de ferramentas, 24% a limpeza corretiva e 10% a ajustes. Na linha 2, os ajustes são o principal motivo para a ocorrência de paragens. Estas paragens poderiam ser reduzidas com um plano de manutenção autónoma adequado, o que não se verificava. Foi desta forma que surgiu a necessidade de reformulação das atividades de manutenção autónoma e, consequentemente, dos procedimentos existentes, de forma a torna-las standard e ajustadas à realidade das linhas. Estas alterações implicarão melhorias visíveis a longo prazo.
This dissertation, developed for the conclusion of the 5th year of the Integrated Master in Industrial Engineering and Management, at University of Minho, describes a project which the main goal is the development of autonomous maintenance in a furniture company, the IKEA Industry Portugal. The current conjecture requires companies to minimize costs and to implement management methodologies in order to improve efficiency and become globally competitive. IKEA Industry Portugal is set in a highly competitive market, and therefore feels the need to improve efficiency and productivity at the lowest costs. In that way, the implementation of the TPM methodology, more specifically, the pillar of autonomous maintenance, becomes essential to achieve this goal. The project described in this dissertation, focused on two lines, very similar between them, line 1 and line 2, that belongs to the area EB&D of the Lacquer&Print factory, and aims to improve autonomous maintenance tasks, performed by the production operators, with the intention of reducing the unplanned stops due to lack of maintenance. In the initial phase of the project, the key performance indicators– efficiency, availability and performance –of these two lines during April 2015 were analysed, doing later a more detailed analysis of the factors that affect this indicators. Thus, the stoppagess analysis of the line 1 and 2 was made, and it was found, in the line 1, that in the total time of occurred stoppages, 33% were due to tool exchanges, 24% due to corrective cleaning and 10% to adjustments. In line 2, the adjustments are the main reason to the occurrence of stoppages. These stoppages could be reduced with an adjusted autonomous maintenance plan, which was not the case. This was why the need to reformulate the autonomous maintenance activities happened and, consequently, the existing procedures, in order to standardize and adjust them to the lines reality. These changes will demonstrate visible improvements in a long period of time.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia e Gestão Industrial
URIhttp://hdl.handle.net/1822/39291
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
DPS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Cláudia Marta Ferreira Vaz_2015.pdf4,65 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID