Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/37980

TitleEstudo sobre a associação da coordenação motora e o bullying em crianças do ensino básico
Other titlesStudy on the relationship between motor coordination and bullying in basic education children
Author(s)Silva, Alberta Manuela de Sousa e Murta Fernandes da
Advisor(s)Lopes, Luís Carlos Oliveira
KeywordsAtividade física
Bullying
Coordenação motora
Saúde
Vítimas
Agressores
Violência na escola
Coordination
Bullies
Victims
Children
Issue date2014
Abstract(s)Este trabalho é um relatório da atividade profissional exercida nos últimos cinco anos (2009/2014) como docente de Educação Física. Numa primeira abordagem, efetuamos um enquadramento pessoal, institucional, e pedagógico, este último assente em três dimensões: científica e pedagógica, participação na escola e a relação com a comunidade, formação contínua e desenvolvimento profissional. Na segunda parte, abordamos o desenvolvimento profissional e de investigação, onde realizamos um estudo, onde o objetivo foi verificar as associações entre a Coordenação Motora e o Bullying, em 546 crianças do 4º ano do Ensino Básico, 267 raparigas (48,9%) e 279 rapazes (51,1%), com idades compreendidas entre os 9 e os 12 anos. A metodologia aplicada, foi a utilização do teste KTK para avaliar a CM, o Bullying foi aferido através do preenchimento de um questionário e a os dados relativos à idade e o género foram adquiridos através dos registos administrativos da escola. A existência de associação entre as variáveis CM e as categorias do bullying, foi determinada através do teste do Qui-quadrado. Relativamente aos resultados obtidos nas categorias de CM, verificamos que apenas uma percentagem muito reduzida da amostra apresentou um desempenho motor considerado Bom, não havendo qualquer participante que apresentasse um nível de CM Muito Boa. No que respeita ao género, verificamos que a percentagem de raparigas com Perturbações e Insuficiências da CM foi superior à dos rapazes, contrariamente ao ocorrido com a CM Normal e Boa onde os resultados encontrados foram superiores nos rapazes relativamente às raparigas. Nas categorias de Bullying, verificamos que os observadores foi a que obteve maior prevalência, quer para a amostra global, quer por género. Posteriormente, segue-se a categoria vítimas e agressores ao mesmo tempo, de seguida as vítimas, e por último com menor frequência aparecem os agressores. Nas associações entre a CM e as categorias relacionadas com o bullying, os resultados demonstram, que não se verificaram relações estatisticamente significativas entre as variáveis em estudo. Com esta investigação, concluímos que os níveis de CM da nossa amostra se encontram abaixo do desejado, uma vez que mais de metade dos nossos participantes apresentam níveis inferiores à da categoria “normal”. Relativamente ao bullying, os resultados também são preocupantes, dado as elevadas prevalências de agressão e vitimação entre estas crianças.
This text is a report on the professional activity in the past five years (2009/2014) as teacher of Physical Education. The first section presents the personal, institutional, and pedagogical profile. This latter aspect is based on three dimensions: scientific and pedagogical, participation in school activities and projects and relationships with the community, continuing education and professional development. The second section presents the research done: a study aiming at determining the relationships between bullying and motor coordination in 546 children attending the 4th grade (Primary Education) - 267 girls (48.9%) and 279 boys (51.1%), aged 9 to 12. Methodologically, the instruments used were the KTK test, to assess motor coordination (MC), and a questionnaire to assess bullying behaviours. The results in the different categories of MC show that only a very small percentage of the sample had a Good performance. No participants presented a Very Good level of MC. With regard to gender, we concluded that the percentage of girls with Movement Disorders and Weaknesses of MC was higher than that of the boys, contrarily to the results on Normal and Good MC where the results were higher in boys than in girls. In the bullying categories, the results showed that the observers were in higher numbers both in the overall sample, and by genre. After that, there are the victims / perpetrators, followed by the victims, and finally by the aggressors. The results also show that no statistically significant relationships between the MC and the categories related to bullying were found. As a result, we concluded that the MC levels of our sample are below the desired level, as more than half of the participants presented lower levels than the category defined as "normal". Concerning bullying, the results are also troubling, given the high prevalence of aggression and victimization among the children studied. Although no associations between the MC and bullying were found, there is a need for further research on these variables so important in the development of children, namely longitudinal studies and interventions.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de atividade profissional de mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário
URIhttp://hdl.handle.net/1822/37980
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Relatório da Atividade Profissional_Alberta Manuela Murta_2014.pdf589,01 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID