Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/36887

TitleAplicação da metodologia TRIZ na inovação do equipamento de teste FRICTORQ
Author(s)Carneiro, Rúben Pedro Ferreira
Silva, Luís F.
Seabra, Eurico
Lima, Mário
Alves, Anabela Carvalho
KeywordsTRIZ
Inovação
Evolução de Sistemas tecnológicos
Criatividade
FRICTORQ
Issue dateNov-2013
PublisherUniversidade da Beira Interior (UBI). Faculdade de Engenharia
Abstract(s)A TRIZ, acrónimo russo para teoria da resolução de problemas inventivos, é uma metodologia destinada à resolução de problemas, a qual procura criar uma forma sistemática de gerar novas soluções de projeto e de potenciar a criatividade individual. Esta metodologia foi criada e desenvolvida por Genrikh Altshuller nos anos 40 do Séc. XX na extinta União Soviética. Através do estudo de milhares de patentes, Altshuller descobriu que, independentemente da sua área, todas as tecnologias seguem os mesmos princípios e que estes podem ser aplicados na solução de novos problemas. Neste artigo pretende-se demonstrar de que forma a metodologia TRIZ pode ser usada para inovar um equipamento desenvolvido no Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho destinado à medição do coeficiente de atrito em materiais flexíveis (apelidado de FRICTORQ). Através do estudo das leis de evolução para os sistemas tecnológicos descritos nesta metodologia pretende-se ‘prever’ quais os próximos (possíveis) caminhos de evolução deste equipamento e assim permitir a geração de novas ideias que possibilitem conceptualizar outras soluções inovadoras.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/36887
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:DEM - Publicações em actas de encontros científicos / Papers in conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ICEUBI-PAPER-TRIZ.pdf329,69 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID