Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/36318

TitleRelação entre atividade física, prática desportiva e adesão ao padrão alimentar mediterrânico em adolescentes
Author(s)Ribeiro, Jorge Manuel
Rodrigues, Luís Paulo
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsAlimentação mediterrânica
Adolescência
Atividade física
Issue dateJul-2015
PublisherEscola Superior de Educação do Porto
CitationRibeiro, J., Rodrigues, L.P. & Carvalho, G.S. (2015). Relação entre a atividade física, a prática desportiva e a adesão ao padrão alimentar mediterrânico em adolescentes. In: Atas do XI SIEFLAS (Seminário Internacional de Educação Física, Lazer e Saúde): Perspetivas de Desenvolvimento num Mundo Globalizado. Porto: Escola Superior de Educação do Porto. pp. 59-67.
Abstract(s)Os comportamentos alimentares e a prática de atividade física são particularmente importantes na qualidade de vida e na promoção da saúde dos indivíduos. Essa importância é ampliada quando considerados em crianças e jovens, não só porque há tendência de comportamentos menos saudáveis se prolongarem pela vida adulta, mas também porque são comportamentos passíveis de mudança. Assim, neste estudo pretende-se conhecer os comportamentos alimentares, de atividade física e de prática desportiva de adolescentes, verificar como variam com diversos parâmetros desses adolescentes (idade, sexo e outros), e analisar a forma como estes comportamentos se interrelacionam. A amostra é constituída por 195 adolescentes, que frequentam o 9º, 11º e 12º ano de escolaridade num agrupamento de escolas do norte de Portugal. Os instrumentos utilizados são uma adaptação portuguesa do Baecke Questionnaire of Habitual Physical Activity e o Questionário do Índice KIDMED. Da análise dos resultados verificou-se que o tipo de prática desportiva varia em função do sexo, ano de escolaridade, percurso escolar e meio socioeconómico dos adolescentes. Também a atividade física em contexto escolar varia com o sexo, t(186)=2.82, p= .005. Constatou-se ainda que cerca de metade dos adolescentes apresentavam uma boa adesão ao padrão de dieta mediterrânica, e que essa adesão varia de acordo com o tipo de curso que frequentam, ϰ2(1)=6.00, p= .02. Por fim, encontrou-se uma relação fraca mas significativa entre a atividade física no tempo de lazer e o grau de adesão ao padrão de dieta mediterrânica, r=.21, p= .003. Estes são dados preliminares de um estudo mais amplo que se encontra em fase de análise, mas que já evidencia uma clara associação entre atividade física e alimentação dos adolescentes.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/36318
ISBN978-972-8969-11-0
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SIEFLAS_AF-AlimMediterranea,p59-66.pdfArtigo444,86 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID