Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/33194

TitleA importância social dos videojogos
Author(s)Zagalo, Nelson
Issue date2013
Abstract(s)Esta semana argui uma dissertação de mestrado que tinha como foco a analise do "League of Legends" de uma perspectiva sociológica [1]. A ideia principal passava por estudar o modo como os jogadores encaram o espaço de jogo em termos sociais, ou seja a criação de sentimento de comunidade. Susana Soares, jogadora hard-core de "League of Legends", desenhou o seu método de análise a partir da obra "The Great Good Place" (1989) do sociólogo americano Ray Oldenburg. No seu trabalho Oldenburg defende a divisão do espaço social em três lugares: o primeiro lugar, a casa ou lar, o lugar de socialização primária; o segundo lugar, o do trabalho que representa um investimento de tempo considerável porque é fundamental no sustento e realização pessoal do sujeito; e o terceiro lugar que constituído pelos locais de convívio - cafés, restaurantes, bibliotecas, etc. Ao longo da sua vida Oldenburg dedicou a sua investigação à defesa da importância deste "terceiro lugar", categorizando-o de "coração da comunidade", defendendo a comunidade como vital para o bem-estar físico, social e psicológico do indivíduo. Ora a proposta de Soares, na sua dissertação, é de que os terceiros lugares sofreram transformações profundas nos últimos anos graças ao avanço tecnológico e consequente desenvolvimento de novas formas de comunicação, nomeadamente no chamado plano online. Dessa forma Soares propõe que "League of Legends" seja visto como um desses terceiros lugares. Um lugar que segundo Oldenburg se define pela natureza igualitária, acessível ao público em geral, não discriminatório. Um lugar no qual a conversa é agradável e o ambiente tende a ser divertido. Além disso um lugar ao qual as pessoas se podem deslocar sozinhas, em qualquer altura do dia, sabendo que terão sempre ali companhia à sua espera. O centro de interesse são as pessoas, e não o espaço em si, que é visto apenas como um potenciador ou mediador da relação entre as pessoas. Os terceiros lugares pela sua importância chegam a competir com os primeiros lugares, a casa, uma vez que "providenciam regeneração social, liberdade, calor e apropriação".
TypeOther
URIhttp://hdl.handle.net/1822/33194
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Publicações pedagógicas / Pedagogical publications

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
eurogamer.pt-A_importncia_social_dos_videojogos.pdf79,52 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID