Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/32331

TitleTest development and use in five Iberian Latin American countries
Author(s)Wechsler, Solange Muglia
Oakland, Thomas
León, Carmem
Vivas, Eleonora
Almeida, Leandro S.
Franco, Amanda Helena Rodrigues
Pérez-Solís, María
Contini, Norma
KeywordsPsychological assessment
South America
Iberian America
Test
Test adaptation
América do Sul
Avaliação psicológica
Teste
América Ibérica
Adaptação Teste
Issue dateAug-2014
PublisherInternational Union of Psychological Science
JournalInternational journal of psychology
Abstract(s)The abundance of scholarship on test development and use generally is higher in English-speaking than in Iberian Latin American countries. The purpose of this article is to help overcome this imbalance by describing and identifying similarities and differences in test development and use in two Iberian (Portugal and Spain) and three of the largest Latin American (Argentina, Brazil, and Venezuela) countries. The stages of test development in each country, roles of professional associations, presence of standards for test use, professionals’ educational training, commonly used tests, together with prominent challenges to continued progress are discussed. Test development and use in these five countries are transitioning from a dependence on the use of translated tests to greater reliance on adapted and finally nationally constructed tests. Continued growth requires adherence to international standards guiding test development and use. Stronger alliance among professional associations in the Iberian Latin American countries could serve as a catalyst to promote test development in these regions.
A abundância de estudos sobre o desenvolvimento do teste e usar geralmente é maior em Inglês de língua do que nos países latino-americanos ibéricos. O objetivo deste artigo é ajudar a superar este desequilíbrio, descrever e identificar semelhanças e diferenças no desenvolvimento de testes e uso em dois Ibérica (Portugal e Espanha) e três dos maiores países da América Latina (Argentina, Brasil e Venezuela). Os estágios de desenvolvimento do teste em cada país, os papéis das associações profissionais, presença de padrões para uso de teste, a formação dos profissionais da educação, os testes comumente utilizados, juntamente com desafios importantes ao progresso continuado são discutidos. Desenvolvimento de testes e uso nestes cinco países estão em transição de uma dependência do uso de testes traduzidos para uma maior dependência de testes adaptados e finalmente construídos nacionalmente. O crescimento contínuo exige a adesão a padrões internacionais orientadores desenvolvimento de testes e uso. Aliança mais forte entre as associações profissionais dos países latino-americanos ibéricos poderia servir como um catalisador para promover o desenvolvimento do teste nessas regiões.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/32331
DOI10.1002/ijop.12068
ISSN0020-7594
1464-066X
Publisher versionhttp://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/ijop.12068/abstract
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Artigos em revistas científicas internacionais com arbitragem


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID