Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/31256

TitleDeterminantes da margem financeira e da rentabilidade do sector bancário : o que mudou com a crise financeira
Author(s)Teixeira, Inês Ribeiro
Advisor(s)Arriaga, Carlos
KeywordsRentabilidade
Margem financeira
Sector bancário
Crise
Profitability
Bank interest margin
Banking sector
Crisis
Issue date2014
Abstract(s)A crise financeira, iniciada em 2007, atingiu diversas instituições financeiras, nomeadamente, as Portuguesas, condicionando-lhes o acesso ao financiamento e agravando a sua liquidez e solvabilidade. Do ponto de vista macroeconómico, os bancos enquanto intermediários financeiros desempenham um papel importante no funcionamento na maioria das economias, podendo o seu grau de eficiência afetar o crescimento económico. Este estudo investiga o contributo dos indicadores das características do banco, da estrutura financeira e dos indicadores macroeconómicos na margem financeira e na rentabilidade do sector bancário em Portugal. Assim como, o impacto da crise financeira nos determinantes das medidas de desempenho escolhidas. O espaço temporal do estudo está compreendido entre 1998 e 2012, sendo que o período de tempo da variável Crise é de 2008 a 2012. Uma análise aos estudos realizados, anteriormente por diversos autores, foi efetuada servindo de apoio à investigação. O estudo empírico concretizou-se com a utilização do programa Stata e o método de estimação GLS. As características do banco explicam uma boa parte da rentabilidade do sector bancário, visto as instituições financeiras apresentarem uma quantidade relativamente elevada de capitais próprios, mas já os empréstimos contribuem para a diminuição da rentabilidade. No que respeita aos indicadores macroeconómicos, a inflação contribui negativamente para a rentabilidade dos bancos, já a taxa de crescimento do PIBpercapita apresenta uma relação positiva. A concentração revela um contributo positivo para a rentabilidade dos bancos. A margem financeira das instituições bancárias é afetada positivamente pelos empréstimos, mas negativamente pela dimensão e pela concentração. A crise financeira apresenta um impacto negativo nas medidas de desempenho dos bancos, contribuindo por isso para a diminuição da margem financeira e da rentabilidade dos mesmos. A reposição expectável da rentabilidade dos bancos, no futuro, solicita uma compreensão mais profunda da sua dinâmica e a aceitação do facto das margens financeiras, provavelmente, não voltarem a apresentar valores tão altos como anteriormente. Pois os bancos para alcançarem, novamente, o lucro terão de descobrir novas formas de intermediação financeira.
Last international financial crisis, which has started in 2007, have a serious negative impact over all financial institutions including the Portuguese banks. Intermediation activity of the banks play an important role in the economies and banking degree of efficiency should affect the economic growth. This study analyses the contribution of some important management, financial and performance indicators to explain the bank interest margin and the profitability of banking industry. Our research comprises the period between 1998 and 2012, including thus the Crisis period of 2008-2012. A revision of the main bibliography about the determinants of bank interest margin was considered in our research. For the empirical study we have used Stata software and we have used a GLS modeling procedure. Most of the chosen indicators have explained the profitability of the banking industry, namely equity. However loans have contributed to the decline of profitability. Considering macro-economic indicators, inflation contributes negatively to the profitability of banks, since the rate of growth of GDPpercapita presents a positive correlation. Concentration index shows evidence to contribute positively to the profitability of the banks. On other side, the bank interest margin is affected positively by the loans, but negatively by size and by concentration index. The financial crisis has registered a negative impact in the main performance measures of the banks, contributing to the reduction of the bank interest margin and profitability. Finally, the results seems to show some evidence that bank interest margin and profitability in the future should not be situated at the same level than before, accusing the effects of financial crisis consequence.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Economia Monetária, Bancária e Financeira
URIhttp://hdl.handle.net/1822/31256
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EEG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Inês Ribeiro Teixeira.pdf
  Restricted access
2,54 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID