Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/30501

TitleEstresse ocupacional e satisfação dos utentes nos cuidados de saúde primários
Other titlesOccupational stress and users satisfaction in primary healthcare
Author(s)Roque, Hugo César Passos
Advisor(s)Veloso, Ana Luísa de Oliveira Marques
KeywordsEstresse
Satisfação
Cuidados de saúde primários
Stress
Satisfaction
Primary healthcare
Issue date2014
Abstract(s)Os cuidados de saúde primários sofreram alterações decorrentes de uma reforma cujos princípios se podem inscrever num quadro conceptual designado por alguns autores como “New Public Management”. Estas mudanças podem ser geradoras de maiores níveis de estresse ocupacional, sendo este um objeto de estudo pelo seu impacto negativo a nível individual e organizacional. Este estudo analisa a experiência de estresse em 305 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e secretários clínicos) e a satisfação, com os serviços prestados por estes, em 392 utentes. A população em estudo está repartida por 10 Unidades de Saúde Familiar modelo A e 10 modelo B. Os resultados encontrados mostram que 84.2% dos profissionais relatam um nível moderado a elevado de estresse ocupacional, sendo os enfermeiros que apresentam maiores valores. Os utentes apresentam níveis bons de satisfação, principalmente com os serviços de enfermagem. Não se verificaram diferenças ao nível do estresse entre as USF modelo A e B mas verificam-se ao nível da satisfação dos utentes, estando os utentes das USF modelo B mais satisfeitos. Verificou-se um efeito preditor das dimensões da satisfação dos utentes no estresse relativo ao excesso de trabalho.
Portuguese primary health care sector has suffer changes due to a reform whose principles may enroll in a conceptual framework referred to by some authors as "New Public Management". These changes may be generating higher levels of occupational stress, being this an object of study for its negative impact at individual and organizational levels. This study examines the experience of stress in 305 health professionals (doctors, nurses and clinical secretaries) and satisfaction with the services provided by them in 392 users. This population is spread across 10 Family Health Units (FHU) type A and 10 type B. The results show that 84.2% of professionals report moderate to high levels of occupational stress, being the nurses who present higher levels. Users have good levels of satisfaction, especially with the nursing services. There were no differences in stress level between FHU type A and B but there were at the level of user satisfaction, being type B FHU users who show higher levels of satisfaction. It's verified that dimensions of user satisfaction present a predictive effect in stress related to excessive work.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia das Organizações e do Desporto)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/30501
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Hugo César Passos Roque.pdf6,31 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID