Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/30299

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCarvalho, Graça Simões depor
dc.contributor.authorGonçalves, Emíliapor
dc.contributor.editorPereira, Beatriz Oliveira-
dc.contributor.editorSilva, Alberto Nidio Barbosa de Araújo e-
dc.contributor.editorCunha, António Camilo-
dc.contributor.editorNascimento, Juarez Vieira do-
dc.date.accessioned2014-09-29T12:49:50Z-
dc.date.available2014-09-29T12:49:50Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.isbn978-85-62946-38-7por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/30299-
dc.description.abstractO processo evolutivo de qualquer criança atende a vários fatores que contribuem para uma contínua adaptação às mudanças. A atividade física (AF), desde que orientada e estimulada ao longo da vida, é considerada um desses fatores. Encontra-se em fase de desenvolvimento um estudo que pretende determinar se existe relação entre a prática da AF na infância e o subsequente estilo de vida na vida adulta. Para o efeito foram construídos e aplicados questionários a alunos (entre 9 e 17 anos) de dois agrupamentos de escolas de um mesmo Concelho bem como a familiares adultos. Foram também realizadas entrevistas a elementos chave da mesma amostra. No presente estudo apresentam-se os dados preliminares da AF desenvolvida por alunos dentro e fora da escola. Do total da amostra (404), 215 (53,2%) são do sexo feminino e 189 (46,8%) do masculino. De entre os dados apurados verificou-se que todos os 404 alunos praticam educação física (EF) na escola, sendo que 219 (54,2%) dizem nunca terem faltado e só 16 (4,0%) deram 5 ou mais faltas durante o ano letivo. Do total, 207 (51,2%) frequentavam aulas de desporto escolar e 159 (39,4%) praticavam uma modalidade desportiva fora da escola, sendo que, destes 159 alunos, 103 (64,8%) são rapazes e 77 (48,4%) praticam futebol. Para as atividades desportivas e outras atividades físicas, geralmente não vão sozinhos 262 (64,9%) e escolhem, maioritariamente, os amigos 169 (41,8%) e os irmãos 159 (39,3%) como companhia. Na opinião dos alunos inquiridos, os professores de EF (138; 34,2%) elucidam sobre a importância da AF na saúde, mas dizem que os médicos (223; 55,2%) são quem mais os informa sobre isso. Estes e outros resultados serão apresentados e discutidos com detalhe.por
dc.description.sponsorshipCIEC - Centro de Investigação em Estudos da Criança, UM (UI 317 da FCT)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherEditora Tribo da Ilhapor
dc.rightsopenAccess-
dc.subjectAtividade físicapor
dc.subjectCriançaspor
dc.subjectJovenspor
dc.titleA prática da atividade física de alunos dos 9 aos 17 anos do concelho de Amarantepor
dc.typebookPart-
dc.relation.publisherversionhttp://editoratribo.blogspot.pt/por
oaire.citationStartPage205por
oaire.citationEndPage215por
oaire.citationIssuepor
oaire.citationTitleAtividade física, saúde e lazer : olhar e pensar o corpopor
sdum.bookTitleAtividade física, saúde e lazer : olhar e pensar o corpopor
Appears in Collections:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AtivFisica_Alunos_9-17anos.pdfArtigo4,08 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID