Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/28923

TítuloPerceções de professores, alunos e encarregados de educação sobre o (in)sucesso na disciplina de Biologia e Geologia
Autor(es)Lopes, Teresa Filipa Ferreira
Orientador(es)Precioso, José
Data2013
Resumo(s)Os exames nacionais em geral e de Biologia e Geologia (BGG), em particular, têm grande repercussão na vida de professores, alunos e pais porque regulam as práticas letivas dos primeiros e condicionam o futuro dos segundos, pois, em muitos casos, esta disciplina é obrigatória para a entrada no curso universitário pretendido. Os resultados dos alunos nos exames da disciplina de BGG têm sido dececionantes pelas médias baixas e pelas elevadas taxas de reprovação. Em 2013, dos 51.323 alunos que se apresentaram a exame, reprovaram 33.275, ou seja, cerca de 65%. Para contribuir para a resolução deste problema, realizou-se esta investigação que teve como objetivos: i) caraterizar o (in)sucesso dos alunos na avaliação externa de BGG, ii) averiguar as perceções de professores, alunos e pais sobre as causas de insucesso na aprendizagem e na avaliação externa da disciplina de BGG, iii) averiguar as medidas sugeridas para promover o sucesso na aprendizagem e na avaliação externa da disciplina, iv) e, por último, confrontar as perceções dos três grupos. Para a consecução dos objetivos, realizouse uma investigação que contempla quatro estudos. O primeiro centra-se na análise dos resultados dos alunos na avaliação externa de BGG, no ano letivo de 2010/2011, tendo por base os dados disponibilizados pelo Júri Nacional de Exames. Os outros três estudos centram-se nas perceções de cada um dos três intervenientes do processo de ensino e aprendizagem: professores, alunos e pais, recolhendo-se os dados, através de uma entrevista semi-dirigida (técnica de inquérito). Os resultados do primeiro estudo revelam um cenário de insucesso generalizado em todos os distritos do país. Docentes, alunos e pais convergem quanto às principais causas de insucesso na aprendizagem de BGG, destacando a falta de estudo dos alunos e a exagerada extensão do programa da disciplina. Quanto às principais causas de insucesso no exame, indicam: além da extensão do programa disciplina, a elevada dificuldade do exame e a ansiedade inerente à situação de exame. No que concerne a algumas medidas para promover o sucesso na aprendizagem da disciplina e no exame, sugerem a diversificação de metodologias, o aumento do trabalho dos alunos, a diminuição do programa, o aumento da componente prática, e a realização de testes com estrutura semelhante à dos exames. Todos defendem diminuição do grau de dificuldade da prova. Mas divergem relativamente ao grau de dificuldade da disciplina, que apenas pais e alunos consideram demasiado complexa, e às dificuldades dos alunos de comunicação, interpretação e análise que só os professores apontam.
National exams in general and of Biology and Geology (BGG), in particular, have great impact in the lives of teachers, students and parents because they regulate the teaching practices of the first and determine the future of the latter, because in many cases, this subject is compulsory to attend the desired university course. The results of students in BGG national exams have been disappointing because of the low average and the high failure rates. In 2013, 51,323 students took the exam, and about 65% of those failed in a total of 33,275. This research was carried out to contribute to solve this problem, with the purpose of: i) characterize the (un)success of students in the external assessment of BGG , ii) ascertain the perceptions of teachers, students and parents about the causes of the failure in learning and in the external assessment on the subject BGG, iii) determine the measures suggested to promote success in learning and in external evaluation of the subject , iv) and finally confront the perceptions of the three groups . To achieve the goals, there was a research that includes four studies. The first focuses on the analysis of student outcomes in the external evaluation of BGG in the school year 2010/2011, based on data provided by the National Jury Examinations. The other three studies focused on the perceptions of each of the three participants in the process of teaching and learning: teachers, students and parents, collecting data through a semi-structured interview (survey technique). The results of the first study reveal a scenario of generalized failure in all districts of the country. Teachers, students and parents converge on the main causes of failure in learning BGG, highlighting the lack of study of the students and exaggerated extension of the subject program. Turning to the main causes of failure in the national exams, they indicate: the extension of the subject program, the high difficulty of the exam and anxiety inherent in these situations. Concerning some measures to promote success in learning the subject and in examination they suggest diversification of methodologies, the increase of students' work, the reduction of the program, increasing the practical component, and tests with a structure similar to examinations. They all advocate lessening the degree of difficulty of the exam. But they differ on the degree of difficulty of the subject, that only parents and students find too complex, and in the students’ difficulties of communication, interpretation and analysis that only teachers point.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica na Educação em Ciências)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28923
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Teresa Filipa Ferreira Lopes.pdf3,16 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis