Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/28202

TitleAs freguesias do distrito da Guarda. Memória, história e património
Author(s)Capela, José Viriato
Matos, Henrique
KeywordsMemórias Paroquiais
Guarda
Issue date2013
PublisherJosé Viriato Capela
Abstract(s)[Excerto] Seguindo o programa editorial, reúnem-se neste volume 8 as Memórias Paroquiais de 1758 das freguesias dos concelhos do distrito da Guarda. Trata-se de um volumoso acervo de Memórias que no seu conjunto nos permitem compor para meados do século XVIII uma imagem muito viva de um território de marcada personalidade e identidade histórico-cultural que muitos textos memorialísticos fixam em recortes muito nítidos. São paisagens e imagens que em muitas partes do seu território continuam ainda presentes. Por elas é possível fixar um certo trânsito da geografia e história de um território que de uma grande centralidade associada à construção de uma Fronteira e de uma Nacionalidade, se vai volvendo periferia e terra de “desertificação”. No centro dessa evolução que se mostra tão patente por meados do século XVIII, estão os efeitos locais e territoriais das duas grandes guerras (a da Aclamação do Rei D. João IV e Independência de Portugal, 1640-1668, e a da Sucessão de Espanha, 1702-1714), que deixam as mais profundas marcas nesta região e condicionarão o seu futuro, que os párocos memorialistas fixam nos seus mais extensos e complexos desenvolvimentos. Abandono, desertificação, decadência são termos correntes nesta memorialística para caracterizar as circunstâncias de algumas secções deste território por efeito das guerras permanentes, de que os aspectos mais patentes vão descritos na ruína e abandono das fortalezas e outros equipamentos militares, marcha de guarnições, despovoados, paragem dos trânsitos e comércios – designadamente os fronteiriços – paralisia económica. Estes registos memorialísticos contribuem assim para colocar, em plano de relevo, esta etapa histórica no seu longo historial de decadência e desertificação, que afinal não é tão recente como se diz correntemente. Mais que para outro território nacional, esta memorialística permite fixar as diferentes culturas histórico-geográficas, as suas personalidades regionais, com particular relevo para o território de Riba Côa que se conjugam para a composição de um complexo de identidades que tem na cidade da Guarda um dos seus principais polos de referência, mas que se reparte ainda por outros centros regionais. Adentro das temáticas que vimos privilegiando para a leitura e exploração das Memórias Paroquiais, nestas do território da Guarda destacamos os seguintes tópicos que nos parecem dever ser relevados. Não abordamos neste volume os tópicos referentes à ideação do Inquérito, contexto da sua realização, estruturas da recolha dos dados, já genericamente tratados nos volumes anteriores, que aí podem ser consultados. [...]
TypeBook
URIhttps://hdl.handle.net/1822/28202
ISBN978-972-98662-7-2
AccessOpen access
Appears in Collections:DH - Livros (Autor)/Books (Author)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guarda-Mem.Paroquiais-Est. Int.pdf41,12 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID