Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/27905

TitleGeoparque da Floresta Petrificada de Lesvos (Grécia): balanço de 10 anos de atividades no património geológico e na comunidade local
Author(s)Carvalho, Maria João Picas de
Advisor(s)Brilha, J. B.
Nickolas, Zouros
KeywordsGeoparque
Lesvos
Comunidade local
Desenvolvimento sustentável
Geopark
Local community
Sustainable development
Issue date2013
Abstract(s)A promoção do desenvolvimento sustentável é um dos argumentos fortes mais usados para justificar a importância de geoparques, além do seu papel na geoconservação. Pretendeu-se com este trabalho estimar a influência que um geoparque assume na comunidade local e avaliar o seu desempenho na conservação e promoção do património geológico. Dada a sua história, atividade e importância na Rede Europeia de Geoparques, como um dos quatro fundadores, o Geoparque da Floresta Petrificada de Lesvos (GFPL), na Grécia, foi selecionado para este estudo que teve como objetivos principais: a) conhecer o atual status quo do património geológico do geoparque; b) conhecer e apreciar as medidas de conservação e valorização do património geológico, implementadas nos últimos dez anos; c) avaliar se, após a sua criação, este geoparque cumpre o princípio da integração da população local, nas suas decisões e ações; d) compreender de que modo este geoparque tem contribuído para a sustentabilidade do desenvolvimento local e qual o impacto social no território; e) observar e analisar a atitude e a relação da população, face ao território, património natural e geoparque; f) conhecer e analisar as atividades educativas, culturais e de geoturismo, desenvolvidas pelo geoparque, salientando aquelas em que as comunidades são envolvidas; g) avaliar os resultados da participação pública, nas atividades desenvolvidas pelo geoparque e quais os benefícios económicos, sociais, culturais e ambientais, que esta cooperação ocasiona; h) compreender como a comunidade "sente" o geoparque (e vice-versa); i) recolher elementos que ajudem a desenvolver uma metodologia para avaliar o desempenho dos geoparques, na conservação e promoção da natureza e nos benefícios para as comunidades. Os resultados baseados em observações diretas, informações colhidas em relatórios, entrevistas e questionários aplicados a uma amostra da comunidade local do geoparque – um total 67 inquiridos em cinco vilas, incluindo comerciantes e público geral – evidenciam existir uma perceção positiva do desempenho do GFPL na geoconservação e nas comunidades, nomeadamente: a) nas medidas de geoconservação; b) no sucesso das atividades educativas; c) no êxito do museu, reconhecido pelos visitantes e muito acarinhado pelos locais; d) no fato do geoparque ter criado postos de trabalho; e) no crescente sentido de identidade e orgulho, dos locais, na região e no património natural e na crescente sensibilização e consciencialização destes para a importância de o conservar e promover; f) na ativa promoção de muitos produtos locais; g) no contributo dado à promoção cultural da região. Reitera-se que, apesar dos dados recolhidos não terem relevância estatística, estes são elementos que reúnem informações importantes, como preciosos indicadores de qualidade, permitindo uma avaliação qualitativa do desempenho do geoparque nos últimos 10 anos. Os geoparques, sendo um conceito novo de promoção do desenvolvimento local, encontram-se, ainda, numa fase inicial da sua evolução, o que abre espaço para muitas oportunidades de aperfeiçoamento. Assim, compreender-se-á que este trabalho também tenha identificado algumas fragilidades, tais como: a) necessidade de melhoria de algumas medidas de valorização, interpretação e conservação de geossítios; b) necessidade de melhorar a proteção da área do geoparque; c) algum desconhecimento de habitantes auscultados sobre o apoio que o geoparque dá ao desenvolvimento de atividades locais; d) número significativo de inquiridos de alguns serviços relacionados com o turismo esperava maiores benefícios, nestes 10 anos, devido à criação do geoparque; e) a maioria dos inquiridos desconhece a existência de companhias locais que desenvolvam atividades geoturísticas; f) os exemplos muito positivos de cooperação e interação observados entre a comunidade e o geoparque restringem-se a alguns campos, não cobrindo toda a comunidade geoparquiana. Algumas destas fragilidades constituem desafios comuns a muitos geoparques que os deverão ultrapassar tendo em conta a especificidade cultural e social de cada território.
The promotion of local sustainable development is one of the strong arguments frequently used to justify the importance of geoparks, besides their role in geoconservation. The aim of this work was to measure the influence of a geopark in the local community and to evaluate the performance of this geopark in the preservation and promotion of geological heritage. Given its history, activity and importance in the European Geoparks Network, as one of the four founders, the Lesvos Petrified Forest Geopark (LPFG), in Greece, was selected for this study that had as main goals: a) to know the current situation of the geopark geological heritage; b) to understand and evaluate the conservation and recovery measures implemented during the last ten years; c) to assess if ten years after its creation, this geopark meets the principle of integration the local population in its decisions and actions; d) to understand how this geopark has contributed to the sustainability of local development and which is the social impact in the territory; e) to observe and analyse the attitude and relationship of the population towards the territory, its natural heritage and the geopark; f) to know and analyse the educational, geotourism and cultural activities of the geopark, emphasizing those in which communities are involved; g) to evaluate the results of the public participation in activities developed by the geopark and which are the economical, social, cultural, and environmental benefits caused by this cooperation; h) to understand how the local community “feel” the geopark; i) to collect elements that can help the development of a methodology to evaluate the geopark’s performance in nature's conservation and promotion and in community's benefit. The results based on direct observations, information collected in reports, interviews and questionnaires applied to a sample of the geopark local community – a total of 67 respondents in five villages, including merchant and general public – show that there is a positive perception of the LPFG role in geoconservation and in communities, namely: a) in the geoconservation measures; b) in the success of the educational activities; c) the remarkable success of the museum recognized by visitors and much cherished by the locals; d) the fact that the geopark has created jobs; e) in the locals growing sense of identity and pride for their region and its natural heritage, and the increasing sensitivity and awareness for the importance of its conservation and promotion; f) in the active promotion of many local products; g) in the contribution to promote the region's cultural. It's important to reiterates that although the data collected doesn't have statistical significance, these are elements that gather important information as valuable quality indicators, allowing a qualitative assessment of the geopark's performance in the last 10 years. Being a new concept promoting local development, the geoparks are still in an early stage of their evolution which originates many opportunities to improve. Therefore, it is understandable that this work has also identified some weaknesses, such as: a) the need to improve some measures of valorisation, interpretation and conservation of the geosites; b) the need to improve the protection of the geopark's area; c) the unawareness of some respondents about the geopark's support to the development of local activities; d) significant number of respondents in some services related with tourism expected greater benefits in these 10 years, due to the creation of the geopark; e) the majority of respondents is unaware of any local companies that develop geotouristic activities; f) the very positive examples of cooperation and interaction observed between the community and the geopark are restricted to certain fields, not covering the whole geopark community. Some of these weaknesses are common challenges to many geoparks, which should be overcome taking in consideration the social and cultural specificity of each territory.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Património Geológico e Geoconservação
URIhttp://hdl.handle.net/1822/27905
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CCT - Dissertações de Mestrado/MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria João Ribeiro Picas de Carvalho.pdf7,86 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID