Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/27268

TitleOs hospitais portugueses no Renascimento (1480-1580) : o caso de Nossa Senhora do Pópulo das Caldas da Rainha
Author(s)Rodrigues, Lisbeth de Oliveira
Advisor(s)Sá, Isabel dos Guimarães
Costa, Leonor Freire
Issue date10-Sep-2013
Abstract(s)A presente tese visa estudar as formas de organização administrativa e financeira do hospital de Nossa Senhora do Pópulo entre 1480 e 1580. Na primeira parte procurou-se inserir a fundação do hospital das Caldas na reforma da assistência iniciada nos finais do século XV. Em seguida, propusemo-nos perceber as razões que levaram à construção de um hospital num lugar despovoado como eram então as Caldas de Óbidos. Considerando que os hospitais desta época surgiam em cidades ou vilas com alguma densidade populacional, importou estudar os motivos que presidiram à sua fundação, bem como as razões que levaram a Coroa a patrocinálo. O hospital correspondeu a um novo polo económico na região da Estremadura, cuja modalidade jurídica foi o senhorio, com sede nesta instituição e tendo o provedor como sua autoridade máxima, em detrimento da câmara municipal da entretanto criada vila das Caldas. Caraterizámos o edifício do hospital quanto às hierarquias do uso do espaço e estudámos o modo como foi administrado. Avaliámos a importância das estruturas implantadas pela sua fundadora, a rainha D. Leonor (1458-1525), no devir histórico do hospital, bem como a interferência da Coroa no governo da instituição depois da sua morte. Em seguida, procedemos ao estudo do hospital enquanto entidade económica, através da análise da evolução do seu património fundiário e urbano, bem como a forma como foi explorado. Partindo do pressuposto que os hospitais desta época constituíam instituições de grande dimensão, cuja escala obrigava a formas de organização institucional complexas, esta tese procurou caraterizar a estrutura e evolução das receitas e despesas do hospital das Caldas, com o objetivo de saber de que forma este conseguia superar as suas crises de abastecimento e, em última instância, se constituiu uma instituição financeiramente equilibrada.
This study intends to analyse the forms of administrative and financial organization of the hospital of Nossa Senhora do Pópulo between 1480 and 1580. The first section of this dissertation inserts our case study in the context of the reorganization of charity that took part from the fifteenth century onwards. The next step is to understand the reasons why the hospital was constructed in a deserted area, considering that hospitals tended to be founded in regions with some demographic density, and why it was under royal protection since its very beginning. The hospital corresponds to a new economic region in the Portuguese Estremadura, organized in the seigniorial form, with its headquarters being located in the hospital, under the authority of its provedor. At the same time, it was studied the hierarchical use of the inner spaces of the hospital and the modalities of its administration. We assessed the importance of the structures created by its founder, queen Leonor (1458-1525), in its evolution, as well as the interference of the Crown after her death. Subsequently, we concentrated on the study of the hospital as an economic entity, through the analysis of its rural and urban assets, as well as its forms of exploration, under the presupposition that hospitals were organizations whose scale implied complex organizational forms. The study of the evolution of its income and expense was undertaken in order to evaluate if the hospital could face economic crisis that affected provisioning, and, finally, if the institution was successful in obtaining a balance between its inputs and outputs
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em História (área de especialização em Idade Moderna)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/27268
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
CECS - Teses de doutoramento / PhD theses
DH - Teses de Doutoramento/PhD Theses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese LisbethRodrigues.pdf25,49 MBAdobe PDFView/Open
Apêndices.zip1,05 MBUnknownView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID