Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/25206

Title"Jogos sem barreiras e sem fronteiras" : as T.I.C e a interculturalidade na aula de língua estrangeira
Author(s)Tavares, João Paulo Gonçalves
Advisor(s)Vieira, Flávia
Núñez Sabarís, Xaquín
Issue date2012
Abstract(s)Este relatório de estágio pedagógico supervisionado é parte integrante do Mestrado em Ensino de Inglês e Espanhol no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário da Universidade do Minho, no âmbito do qual procedi ao desenvolvimento do projeto de investigação-ação subordinado ao tema “As TIC e a Interculturalidade na aula de língua estrangeira”. O projeto foi desenvolvido junto de alunos de língua espanhola no ensino secundário regular português (11.º ano Iniciação, Nível A2 de acordo com o QCER) e teve como objetivo comprovar se é possível trabalhar a consciência intercultural dos alunos no âmbito da aula de língua estrangeira através do recurso às TIC de modo a potenciar a competência intercultural. Tal objetivo materializou-se na elaboração de um perfil de competência intercultural individualizado para cada aluno no final do processo. Através da análise de bibliografia especializada e do contacto com outros professores de língua estrangeira, notei que existe uma falta de exploração concetual, metodológica e avaliativa da competência intercultural na sala de aula de língua estrangeira em Portugal. O projeto incidiu numa lógica de promoção da desconstrução das representações, dos estereótipos e das imagens pré-concebidas dos alunos sobre a cultura espanhola, por forma a potenciar a superação do etnocentrismo e favorecer o desenvolvimento de competência intercultural. Na fase de observação procedi à recolha de dados que me permitiram desenhar e implementar, no decurso da segunda fase – de implementação – atividades no âmbito das quais os alunos trabalharam a consciência intercultural de forma autónoma. Ao longo de todo o projeto recolhi dados que foram alvo de análise, interpretação e reflexão. A minha prática foi sustentada pela consulta de bibliografia especializada e dos documentos reguladores: planificação da disciplina; Programa Nacional de disciplina; QCER; Plan Curricular del Instituto Cervantes; Projeto Educativo escolar local. O projeto revela que a utilização das TIC permite trabalhar a consciência intercultural dos alunos de forma vantajosa. No entanto, seria muito mais vantajosa uma implementação cronológica superior – preferentemente, um ano letivo completo, um ciclo de dois ou um ciclo de três anos letivos – que permitisse reforçar mais assertivamente a promoção da competência intercultural.
This report of supervised pedagogical practicum is part of the Master’s in Teaching English and Spanish in Basic and Secondary Schools held at the University of Minho, within which I developed an investigative-active project on “The ICT and interculturality in foreign language learning class”. The project was undertaken with 11th grade Portuguese students learning Spanish (2nd year of a two-year subject learning cycle; level A2 according to the CEFR) and aimed at checking whether it is possible to work on the students’ intercultural awareness within the foreign language learning class, making use of ICT tools, in order to promote intercultural competence. Said objective eventually materialized through the drawing of intercultural competence profiles, one for each student. I observed that there is a lack of proper conceptual, methodological and evaluative exploration of the intercultural competence in the foreign language learning class in Portugal, after I assayed consulted literature and communicated with other foreign language teachers. The project based its active framework on promoting deconstruction of the students’ representational, stereotypical and preconceived images of the Spanish culture. This way, it was intended to incite students to overcome their ethnocentric perspectives, thus favouring the development of intercultural competence. In the observation phase, I collected data that later allowed me to design and implement (in the second, or implementation, phase) activities, around which the students worked autonomously on their intercultural awareness. Throughout the whole project, I analyzed, interpreted and considered data that I collected from the student’s activities. I supported my practicum by consulting specialized literature and regulating documents, such as: subject’s yearplan; subject’s national programme; CEFR; Plan Curricular del Instituto Cervantes; local school Educative Project. This project shows that using ICT tools enables the working on the students’ intercultural awareness in a beneficial way. However, it would be much more beneficial to undertake such a project as this – one that would allow a more assertive enforcement of intercultural competence promotion – within a longer and more comprehensive chronological implementation framework.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ensino de Inglês e de Espanhol no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário
URIhttp://hdl.handle.net/1822/25206
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Paulo Gonçalves Tavares.pdf3,81 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID