Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/24973

TitleObesidade no 1º ciclo : desenho e implementação de um programa de intervenção num estudo transversal
Author(s)Magalhães, Joana
Cardoso, Luís
Ferreira, Luís Miguel Afonso
Silva, Rui Pedro Soares da
Pereira, Beatriz Oliveira
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsObesidade
Sedentarismo
Programa de intervenção
Atividade física
Issue dateJul-2013
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC)
Abstract(s)A obesidade é, nos dias de hoje, considerada uma doença epidémica sendo que nas crianças e jovens, é uma agravante, na medida em que, o seu crescimento e desenvolvimento será negativamente influenciado. Segundo WHO (2012) a obesidade mais do que duplicou desde 1980, sendo que em 2008, 1,4 biliões de pessoas acima de 20 anos têm excesso de peso, e destas, 200 milhões de homens e 300 milhões de mulheres são obesas. Em 2010 mais de 40 milhões de crianças menores que cinco anos têm excesso de peso. O objetivo do presente estudo é aplicar e verificar se um programa de intervenção de atividade física em crianças contribui para combater o sedentarismo e a obesidade. A amostra é constituída por crianças com idades compreendidas entre os 8 e 10 anos, que frequentam o 1º ciclo de duas escolas do concelho de Braga. Fazem parte desta amostra 200 crianças de ambos os sexos. O estudo baseia-se na aplicação de um programa de intervenção de atividade física estruturada e com o aconselhamento aos encarregados de educação sobre hábitos alimentares saudáveis. Este programa será aplicado ao grupo experimental, sendo que o segundo (grupo controlo) não será intervencionado. Pretende-se avaliar antes e depois da intervenção, a atividade física com aplicação de um questionário e a determinação da aptidão física com aplicação do FitnessGram. Pretendemos com este estudo, demonstrar a importância da atividade física estruturada na prevenção da obesidade, considerando o papel fulcral que a escola deve desempenhar e promover nesta epidemia. Neste contexto, professor de educação física, sendo um agente interveniente na formação dos alunos, deve ter um papel relevante nas estratégias e programas que incidam nesta problemática.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/24973
ISBN978-972-8952-27-3
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SIEFLAS_Obesid1CEB-Proj.pdfArtigo712,47 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID