Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/20234

TitleEfeito da escolarização na convergência de modelos e de comportamentos de saúde em jovens estudantes portugueses de meio rural e meio urbano
Other titlesSchooling effect on the convergence of models and health behaviours in young rural and urban Portuguese students
Author(s)Carvalho, Graça Simões de
Gonçalves, Artur
KeywordsJovens
Meio rural
Meio urbano
Saúde
Atitudes
Comportamentos
Issue dateSep-2012
PublisherABRAPEC
Abstract(s)A concretização do direito fundamental à saúde implica assumir responsabilidades a nível societal, governamental e individual, para que todos os cidadãos tenham acesso à escola e assim possam desenvolver capacitação e literacia em saúde. Procurando verificar em que medida a escola influencia a homogeneização dos padrões e dos comportamentos em saúde nas populações infanto-juvenis de meio rural (Boticas) e meio urbano (Braga), foi constituída uma amostra de 800 alunos, 400 de meio rural e 400 de meio urbano. Na recolha de dados aplicou-se um questionário com 10 eixos de investigação abordando várias dimensões de saúde. No início da escolaridade (1º ano) as crianças de meio rural e de meio urbano apresentavam conceções substancialmente diferentes, que se foram esbatendo progressivamente ao longo da escolaridade, para, no final do ensino básico (9º ano), tenderem a convergir para valores aproximados em todas as dimensões analisadas, mostrando assim o efeito homogeneizador da ação educativa.
The realization of the fundamental rights to health involves responsibilities at societal, governmental and individual levels, so that all citizens have access to school and so they can develop skills and health literacy. In order to estimate to what extent the school influences the homogenization of standards and health behaviours in children and young people of rural (Boticas) and urban (Braga) areas, a sample of 800 students, 400 rural and 400 urban was built. For data collection a questionnaire with 10 lines of research addressing various dimensions of health was applied. Results show that at the beginning of schooling (1st year) the children of rural and urban had substantially different conceptions, which were blurred progressively throughout schooling, so that at the end of basic education (9th years) they tend to converge to approximate values in every dimension analysed, thus showing the homogenizing effect of educational action.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/20234
Publisher versionhttp://adaltech.com.br/testes/abrapec/trabalhos.htm
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Textos em atas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENPEC_Escolarizacao.pdfArtigo486,88 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID