Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/19583

TitleA divulgação dos Ativos Fixos Tangíveis segundo a IAS 16 e o seu grau de cumprimento : uma análise ao anexo
Author(s)Costa, Fernando Jorge Ferreira da
Advisor(s)Oliveira, Lídia
KeywordsIAS 16
Ativos fixos tangíveis
Divulgação obrigatória
Grau de cumprimento
Euronext
Tangible fixed assets
Mandatory disclosure
Compliance degree
Issue date2012
Abstract(s)Este estudo analisa o grau do cumprimento das divulgações da International Accounting Standard 16 “Ativos Fixos Tangíveis” no anexo às demonstrações financeiras consolidadas das empresas cotadas na Euronext Lisboa, no período de 2005- 2010. Este estudo pretende estender e complementar o estudo de Cunha (2009), que se focou nas empresas cotadas em Espanha, no ano de 2005. Este trabalho contribui para a discussão sobre o grau de cumprimento das divulgações da IAS 16 em Portugal, dando a conhecer os fatores corporativos subjacentes, pelo que será importante para os organismos reguladores da contabilidade e de relato corporativo, essencialmente no que respeita a potenciais mecanismos de enforcement. Utilizando um índice de cumprimento, constatou-se um grau de cumprimento médio intermédio dos requisitos de divulgação da IAS 16 de 67,3%, tendo sido verificado um acréscimo de 4,6 pontos percentuais de 2005 para 2010. Atendendo à revisão da literatura e aos argumentos de algumas teorias explicativas da divulgação, foram desenvolvidas seis hipóteses explicativas do grau de cumprimento mencionado, nomeadamente: o tamanho da empresa, a rendibilidade, o endividamento, a atividade internacional, o tipo de auditor e o montante de ativos fixos tangíveis. A análise de regressão evidencia que o tamanho da empresa e o montante de ativos fixos tangíveis são fatores corporativos explicativos do grau de cumprimento dos requisitos da divulgação previstos na IAS 16.
This study analyses the disclosure compliance level of the International Accounting Standard 16 “Fixed Tangible Assets” in the notes of the consolidated accounts of Euronext Lisbon listed companies in the period of 2005-2010. This study aims to extend and complement the Cunha’s (2009) study, focused on Spanish listed companies in 2005. This study contributes to the discussion of the disclosures compliance degree of IAS 16 in Portugal, and its explanatory corporate factors, therefore relevant to regulatory bodies of accounting and corporate reporting, essentially in what regards potential mechanisms of enforcement. Using an index of compliance, it was found a medium degree of compliance with the disclosure requirements of IAS 16 (67.3%), which increase 4.6 percentage points since 2005. Given the literature review and the arguments of some explanatory disclosure theories, six hypotheses were developed, namely: firm size, profitability, leverage, international activity, auditor type and fixed tangible assets amount. Regression analysis evidences that the firm size and the fixed tangible assets amount are explanatory corporate factors of the degree of compliance with disclosure requirements of IAS 16.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Contabilidade
URIhttp://hdl.handle.net/1822/19583
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernando Jorge Ferreira da Costa.pdf2,34 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID