Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/19556

TitleComo as infeções sexualmente transmissíveis são apresentadas em manuais escolares de 16 países e que formas de prevenção são facultadas
Other titlesHow the sexually transmitted infections are presented in school manuals in 16 countries and which prevention ways are provided
Author(s)Ferreira, Cláudia
Bernard, Sandie
Clément, Pierre
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsManuais escolares
Livros didáticos
Infeções sexualmente transmissíveis
Modelo Biomédico
Textbooks
Sexually transmitted infections
Condom
Biomedical health model
Issue dateMay-2012
PublisherInstituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde
Abstract(s)No âmbito do projeto Europeu Biohead-Citizen “Biologia, Saúde e Educação Ambiental para uma melhor cidadania” foi levada a cabo uma análise comparativa no tópico “Reprodução Humana e Sexualidade”, para a qual se construiu uma grelha de análise específica aplicada em manuais escolares de 16 países (Alemanha, Chipre, Estónia, Finlândia, França, Hungria, Itália, Líbano, Lituânia, Malta, Marrocos, Polónia, Portugal, Roménia, Tunísia, Senegal). No presente trabalho apresentam-se os resultados sobre a forma como as Infeções Sexualmente Transmissíveis (IST) são apresentadas nos manuais e que meios de prevenção destas doenças são referidos. A SIDA é a IST mais comummente apresentada, estando presente em todos os manuais escolares analisados dos vários países, sendo que a ocorrência de outras IST (clamídia, herpes genital, papiloma vírus humano, sífilis, gonorreia, cancroide, hepatite viral, vaginite) é variável entre os manuais dos 16 países. No que concerne métodos de prevenção das IST, o uso do preservativo masculino nas relações sexuais é o mais referido, sendo as imagens geralmente de um preservativo masculino enrolado no seu invólucro ou fora deste, ou desenrolado. Os manuais de França Senegal e Tunísia são os que se encontram mais ancorados no modelo Biomédico, providenciando informação científica em abundância e relegando para segundo plano a Promoção da Saúde e do desenvolvimento de competências para um comportamento sexual saudável. Por outro lado, os manuais da Finlândia enfatizam a Promoção da Saúde, facilitando aos jovens o desenvolvimento de competências baseadas no conhecimento que estes adquirem, e assim poderem adotar comportamentos responsáveis para com eles próprios e para com os outros. Nos manuais Marroquinos e Tunisinos encontram-se exemplos de os valores tradicionais de uma cultura própria, que são veiculados juntamente com o conhecimento científico, através de conteúdos morais de forma imperativa. Pode-se concluir que os conteúdos de Educação Sexual e como estes são apresentados nos manuais escolares dos diversos países resultam das interações entre o conhecimento científico, os valores, e as práticas sociais.
Within the European project BIOHEAD-CITIZEN "Biology, Health and Environmental Education for better citizenship" was carried out a comparative analysis on the topic "Human Reproduction and Sexuality," for which was built a grid of analysis applied to specific textbooks of 16 countries (Germany, Cyprus, Estonia, Finland, France, Hungary, Italy, Lebanon, Lithuania, Malta, Morocco, Poland, Portugal, Romania, Tunisia, Senegal). in this paper we present the results on how the sexually Transmitted Infections (STI) are presented in textbooks and which means of preventing these diseases are referred to. AIDS is the STI most commonly presented, being present in all the analyzed textbooks of the various countries whereas the occurrence of other STI (Chlamydia, genital herpes, human papilloma virus, syphilis, gonorrhoea, cancroids, viral hepatitis, virginities) is variable among the textbooks of the 16 countries. Regarding methods of prevention of STIs, the use of condoms during sexual intercourse is the most frequently mentioned, and the images were generally of a condom wrapped in its casing or outside it, or unwound. Textbooks from France, Senegal and Tunisia are the most anchored in the Biomedical model, providing abundant scientific information and leaving behind the Health Promotion for the development of competencies for a healthy sexual behaviour. In contrast, textbooks from Finland emphasise Health Promotion, facilitating young people developing their knowledge based competencies and so being able to adopt responsible behaviours for themselves and for the others. In textbooks from Morocco and from Tunisia there are examples of traditional values and specific culture which are transmitted together with scientific knowledge e moral contents in an injunctive way. It can be concluded that Sex Education contents in textbooks of the several countries result of the interaction between scientific knowledge, values and social practices.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/19556
ISBN978-989-96715-5-3
Publisher versionhttp://www.essv.ipv.pt/
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IST-manuais_LivroViseu.pdfArtigo1,15 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID