Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/16776

TítuloServiços de emergência médica pré-hospitalar em Portugal : análise da actividade da VMER do Centro Hospitalar do Nordeste
Autor(es)Capelas, Henrique
Orientador(es)Botelho, Anabela
Data2009
Resumo(s)O presente trabalho começa por caracterizar genericamente os Serviços de Emergência Médica Pré-Hospitalar, abordando o enquadramento geral do aparecimento destes serviços em Portugal e descrevendo resumidamente a actividade desenvolvida pelo Instituto Nacional de Emergência Médica desde a sua criação até 2006, ano em que o país ficou finalmente abrangido por uma verdadeira “Rede Nacional de Cuidados de Emergência Médica Pré-Hospitalar”. É feita uma breve referência aos Serviços de Emergência Pré-Hospitalar de alguns países, nomeadamente do francês e inglês, modelos que assentam em filosofias diferentes, de “levar o doente/vítima aos meios” (modelo inglês) ou o de “levar os meios ao doente/vítima” (modelo francês). São estes os dois sistemas considerados basilares, já que é a partir destes que praticamente todos os outros se desenvolveram. O trabalho pretende analisar de seguida a actividade da VMER do Centro Hospitalar do Nordeste, descrevendo todo o processo e metodologia da sua implementação na Unidade Hospitalar de Bragança, com constituição das equipas de profissionais, formação técnica e financiamento, evidenciando, ao fim de quase três anos de operacionalidade na região do distrito de Bragança, os resultados da sua actuação. Para a obtenção dos dados necessários à prossecução do presente trabalho, criou-se um software próprio de recolha e processamento de dados, procedendo-se de seguida à sua análise e tratamento, caracterizando a procura dos serviços VMER em termos temporais, por motivo de activação, por identificação de patologias que provocaram activação e, finalmente, em função de algumas características individuais da população. As conclusões a que chegámos permitem-nos afirmar com alguma prudência, haver espaço para um posterior planeamento da actividade da VMER mais adequado à criticidade dos factores observados. Da análise econométrica desenvolvida, o Modelo Geométrico, mostrou-se o mais adequado para permitir futuramente um planeamento temporal do serviço, que melhor vá de encontro às reais necessidades das populações do nordeste.
This research envisages to characterise the Pre-Hospital Medical Emergency Services, whilst addressing the implementation of these services in Portugal. It seeks to summarise the activity as developed by the National Institute of Emergency Medical Services from its foundation onwards until 2006, when Portugal has implemented a real “National Network of Pre-Hospital Medical Emergency Services”. This study also briefly reviews the Pre-Hospital Medical Emergency Services as implemented by some countries, especially France and the United Kingdom. In this light, we aim at shedding light upon models which are based upon different principles, such as “taking the patient/victim to the means” (the English model) or “taking the means to the patient/victim” (the French model). These systems are therefore considered as the basilar ones, due to the fact that other systems are inspired in them. This research aims at analysing the VMER activity within the Centro Hospitalar do Nordeste, while describing the whole implementation process and methodology in the Unidade Hospitalar de Bragança. It tries to deepen our knowledge about the professional teams and how they have been gathered together, their training and funding, whilst unveiling their performance results for the last three years in Bragança. The collection of data was realised by means of a specific software. The data analysis allowed to pinpoint the VMER Services demand in temporal terms by activation, diagnosis of pathologies and individual characteristics of the population under study. Evidence allows to cautiously state that the VMER activity calls for further planning, more in line with a critical view of the observed factors. We derived an econometric model, the Geometrical Model, which is the most adequate to implement a temporal planning of the service in the future in order to better accommodate the real needs of the north-western population.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Economia e Politica de Saúde
URIhttp://hdl.handle.net/1822/16776
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado
NIMA - Dissertações de Mestrado/Master Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese.pdf3,47 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis