Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/15842

TítuloAvaliação do impacto do programa "Falar, ler e escrever no jardim-de-infância" no desenvolvimento das competências de literacia emergente
Autor(es)Costa, Helena Isabel Araújo
Orientador(es)Ribeiro, Iolanda da Silva
Palavras-chaveLiteracia emergente
Competências pré-leitoras
Programas de intervenção
Emergent literacy
Pre-readers skills
Intervention programs
Data2011
Resumo(s)O conceito de literacia emergente surgiu nas últimas décadas introduzindo uma nova perspectiva sobre os factores preditores da aprendizagem da leitura e da escrita, implicando uma nova estruturação no ensino pré-escolar. Compreende que a criança desenvolve, desde muito cedo, um conjunto de competências que contribuem para a aquisição da leitura e da escrita. São destacados quatro aspectos fundamentais de literacia emergente que devem ser desenvolvidos: a linguagem oral, os conhecimentos acerca do impresso, a consciência fonológica e a motivação para a leitura. Assim, as actividades promovidas no jardim-de-infância devem ser organizadas de forma a fomentar estes conhecimentos e competências. O contacto com o livro, com diferentes suportes de material escrito e a exploração de histórias são algumas das actividades sugeridas pela investigação como facilitadoras. O programa “Falar, ler e escrever no jardim-de-infância” foi desenvolvido com os seguintes objectivos incrementar as competências relativas à organização do acto de leitura; desenvolver a linguagem oral; potenciar as conceptualizações sobre o código escrito; aprofundar as questões relacionadas com a consciência fonológica. Foi aplicado a todas as crianças de 5 anos de um agrupamento de escolas do concelho de Guimarães. Foi seleccionada uma amostra aleatória (n=26) com o objectivo de avaliar as trajectórias de mudança nas competências de literacia emergente do grupo de crianças; analisar em que medida os ganhos obtidos foram condicionados pelos desempenhos iniciais; analisar a estabilidade da mudança. Recorreu-se a um planeamento com medidas repetidas no tempo. Os resultados apontam para uma alteração significativa no desempenho das crianças ao longo do tempo, sendo que os ganhos foram superiores nas crianças que apresentavam resultados mais baixos no 1.º momento de avaliação. Os valores do coeficiente de correcção intraclasse indicam que as crianças mantêm as posições relativas no seio do grupo. São discutidos os resultados, apontando-se algumas limitações do presente estudo.
The concept of emergent literacy has emerged in recent decades by introducing a new perspective on the predictors of reading and writing, involving a new structure in the preschool. Understands that the child develops, very early, a set of skills that contribute to the acquisition of reading and writing. Its four key aspects of emergent literacy that should be developed: oral language, knowledge about print, phonological awareness and reading motivation. Thus, the activities promoted in the kindergarten should be organized to foster these skills and knowledge. Contact with the book, with different formats of written material and the exploration of stories are some of the activities suggested by research as facilitators. The "Speak, read and write in the kindergarten" was developed with the following objectives: boosting the skills for the organization of the act of reading, developing oral language; enhance the conceptualizations about written code; explore the issues related to phonological awareness. Was applied to all 5 years old children of a group of schools in the municipality of Guimarães. Was selected a random sample (n = 26) with the aim of evaluating the trajectories of change in emergent literacy skills of the children; examine to what extent the gains were constrained by the initial performances, to analyze the stability of change. Appealed to a planning session with repeated measures. The results indicate a significant change in children's performance over time, and the increases were greater in children who had lower scores in the first periods of assessment. The values of the intraclass correlation coefficient indicate that children's relative positions maintain in the group. The results are discussed, pointing out some limitations of this study.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/15842
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Helena Isabel Araújo Costa.pdf937,28 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis