Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/12811

TitleCaracterização do betão da Ponte Luiz Bandeira em Sejães
Author(s)Ferreira, Rui Miguel
Sena-Cruz, José
Castro, F.
Abreu, Miguel
Carneiro, Leonor
Castro, Francisco
KeywordsPonte
Armadura
Betão
Issue date2011
PublisherAssociação Portuguesa para a Segurança e Conservação das Pontes (ASCP)
Abstract(s)A Ponte Luiz Bandeira, localizada na N333-3 sobre o Rio Vouga próxima da localidade de Sejães (Oliveira de Frades), é hoje considerada como a mais antiga ponte de betão armado em utilização no nosso país, e uma das mais velhas da Europa. Segundo relatos históricos, a ponte terá sido construída num tempo recorde de 3 meses pela empresa Moreira de Sá & Malevez, em 1907. Esta ponte em arco, com um vão de cerca de 44 m, foi construída de acordo com o sistema patenteado Hennebique datado do final do século XIX. Cerca de 50 anos após a construção da ponte, esta sofreu obras de requalificação tendo os diversos elementos estruturais sido reforçados por encamisamento, i.e. adição de novas armaduras e aumento das secções de betão. Apesar da idade e do reduzido número de intervenções, a ponte apresenta, de uma forma geral, um nível de danos relativamente reduzido. Nos últimos tempos o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho tem vindo a efectuar diversos estudos a esta ponte envolvendo diversas entidades públicas e privadas, de forma a caracterizar a técnica de construção utilizada, os materiais utilizados, e o desempenho estrutural da ponte. No âmbito do presente trabalho, é feita uma descrição das metodologias usadas, bem como os principais resultados obtidos na caracterização do betão existente na ponte. Esta caracterização foi realizada para os diferentes elementos estruturais que compõem a ponte e a diferentes níveis, nomeadamente: geométrica, mecânica e material. Neste artigo é apresentado o contributo para a caracterização material do betão original empregue na ponte. Assim, é determinado a composição física do traço (relação entre o teor de material inerte e de ligante), composição química do ligante e do agregado, bem como a distribuição granulométrica e a mineralogia deste último. Adicionalmente, foi caraterizado do ponto de vista químico o aço original. Pretende-se, desta forma, contribuir para a actualização do estado do conhecimento sobre pontes em betão armado construídas no início do século passado.
TypeconferencePaper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/12811
Peer-Reviewedyes
AccessopenAccess
Appears in Collections:ISISE - Comunicações a Conferências Nacionais
C-TAC - Comunicações a Conferências Nacionais
CT2M - Publicações em atas de encontros científicos / Papers in conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
515.pdfDocumento principal1,95 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis