Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/11239

TitleAnálise comparativa dos aspectos alimentares em manuais escolares de 16 países
Author(s)Gonçalves, Artur
Jesus, António C.
Carvalho, Graça Simões de
KeywordsManuais escolares
Alimentação
Nutrição
Análise comparativa
Issue dateDec-2010
PublisherUniversidade da Beira Interior (UBI)
CitationBRANCO, H. P. L. [et al.], eds. – “Educação para a Saúde, Cidadania e Desenvolvimento Sustentado : actas do 3º Congresso Nacional de Educação para a Saúde e do 1º Congresso Luso-Brasileiro de Educação para a Saúde, Covilhã 2010” [CD-ROM]. Covilhã : Universidade da Beira Interior, 2010. ISBN 978-989-96996-0-1. p. 661-675.
Abstract(s)A escola, como elemento principal da homogeneização do saber, e o manual escolar, como instrumento didáctico que espelha as políticas educativas e os interesses da sociedade a que se destinam, têm um papel determinante na prevenção e combate aos problemas de foro alimentar bem como na construção de padrões alimentares saudáveis. No âmbito do quadro descrito procedeu-se a uma análise comparativa da informação sobre Educação para a Saúde veiculada pelos manuais escolares de 16 países envolvidos no projecto Europeu BIOHEAD-CITIZEN. Os países envolvidos neste projecto diferem não só pela sua distribuição geográfica mas também, e principalmente, pelo seu desenvolvimento histórico, político e sociocultural, sendo 12 países Europeus (Alemanha, Chipre, Estónia, Finlândia, França, Hungria, Itália, Lituânia, Malta, Polónia, Portugal e Roménia), 3 Africanos (Marrocos, Moçambique e Senegal) e um do Próximo Oriente (Líbano). Utilizou-se uma parte da grelha de análise desenvolvida no projecto acima referido referente à parte dos “Alimentos e Nutrientes”, abrangendo cinco temas: “Tipo de alimento”, “Categoria dos nutrientes”, “Função dos nutrientes”, Dieta equilibrada” e “Requisitos nutricionais”. Da análise comparativa entre os manuais escolares dos 16 países constata-se ser nos da Finlândia onde há mais ocorrências em todos os temas e respectivos parâmetros, tanto em texto como em imagem. Com excepção dos manuais escolares moçambicanos e cipriotas, em que os primeiros não contemplam nenhum parâmetro da “Dieta equilibrada” e os segundos nem desta nem dos “Requisitos nutricionais”, em todos os outros países os aspectos da alimentação e da nutrição são tratados nos manuais escolares. Relativamente aos níveis de intensidade, abrangência e proporcionalidade os dados mostram os 16 países serem significativamente diferentes nos diversos temas, traduzindo assim realidades próprias em vários domínios inerentes a cada país e a cada contexto geo-sócio-económico e político-cultural.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/11239
ISBN978-989-96996-0-1
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:DCILM - Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CNES_Alimentacao-16paises.pdf165,99 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID