Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/84560

TitleAirway management using ultrasound: best practices in teaching, training and assessment
Other titlesManuseio da via aérea com ultrassonografia: melhores práticas no ensino, treino e avaliação
Author(s)Gomes, Sara Cláudia Santos Hora
Advisor(s)Costa, Patrício Soares
Correia-Pinto, Jorge
KeywordsAvaliação
Manuseio
Treino
Ultrassonografia
Via aérea
Airway
Assessment
Management
Training
Ultrasound
Issue date1-Mar-2023
Abstract(s)O manuseio da via aérea é um componente central dos cuidados anestésicos. Todos os doentes submetidos a procedimentos anestésicos podem estar em risco de terem ventilação e oxigenação insuficientes, se não for conseguida uma via aérea segura. Existem indicadores clínicos que podem prever um manuseio difícil da via aérea, mas globalmente têm baixa sensibilidade e moderada especificidade, pelo que é relevante encontrar melhores preditores de forma a conseguir uma abordagem segura da via aérea a cada paciente. A recente divulgação da utilização da ultrassonografia (US) no cuidado do doente, inclui a sua aplicação à avaliação da via aérea. Numerosos parâmetros US têm sido estudados como preditores de via aérea difícil; no entanto, ainda não é claro quais os parâmetros que devem ser considerados para uso clínico. Na presente Tese, através dos resultados de uma revisão sistemática e meta-análise caracterizamos inicialmente o preditor US mais relevante na previsão de uma laringoscopia difícil. A distância hiomentoniana (DHM) em posição neutral revelou-se o preditor mais consistente para ser utilizado na clínica. Tratando-se de uma competência técnica, o uso da US é dependente do operador e requere treino e avaliação através de escalas objetivas e estruturadas. Assim, no segundo trabalho desta Tese criámos um programa de ensino e de treino da utilização da DHM por US. Simultaneamente, avaliamos a competência de participantes utilizando a escala Objective Structured Assessment Ultrasound Skills (OSAUS) e analisamos as suas propriedades psicométricas. Os resultados mostraram que a escala é válida e confiável na avaliação do desempenho técnico. Finalmente, testamos uma nova aplicação clínica para a US da via aérea na intubação/exclusão seletiva pulmonar, num modelo animal pediátrico. Este trabalho mostrou resultados promissores para a translação para a população pediátrica. Em conclusão, os trabalhos de investigação desta Tese permitiram identificar um preditor confiável de laringoscopia difícil, que pode ser avaliado clinicamente por US, para o qual é necessário o desenvolvimento e avaliação da competência. Simultaneamente, apresentamos a aplicação inovadora da US na intubação seletiva no modelo animal pediátrico que pode contribuir para uma mudança do paradigma da abordagem da via aérea nesta população.
Airway management is a core component of anesthesia care. Every patient submitted to anesthesia procedures is at risk of insufficient ventilation and oxygenation if a secure airway could not be achieved. Many clinical indicators can predict difficult airway but globally with low sensibility and moderate specificity. Therefore, is relevant to find better predictors to achieve a safe airway approach. The recent widespread use of ultrasound in patient care includes airway assessment. Numerous ultrasound measurements have been studied as predictors of difficult airway; nevertheless, it is still unclear which parameters should be considered for routine clinical use. In the present Thesis, we have characterized the most relevant ultrasound predictors of difficult laryngoscopy and difficult intubation throughout a systematic review and meta-analysis. Hyomental distance (HMD) was the most consistent factor in the clinical setting. As a technical skill that is operator dependent, ultrasound requires training and assessment with objective and structured scales. So, the second work of our Thesis, we created a teaching and training program to use ultrasound HMD. Simultaneously, we assessed participants’ competence using the Objective Structured Assessment Ultrasound Skills (OSAUS) scale and analyzed the scale’s psychometric properties. Results showed that OSAUS scale is a valid and reliable tool that can be used to assess performance. Finally, we tested a new clinical application of ultrasound in selective lung intubation/exclusion in a pediatric animal model. This work showed promising results for translation to the pediatric population. In conclusion, the research work of this Thesis allowed the identification of a reliable ultrasound predictor of difficult laryngoscopy, that can be trained and assessed. Simultaneously, we presented an innovative application of ultrasound in selective intubation in pediatric animal model that can contribute to change the paradigm of airway management in this population.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em Medicina
URIhttps://hdl.handle.net/1822/84560
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
ICVS - Teses de Doutoramento / PhD Theses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sara Cláudia Santos Hora Gomes.pdfTese de doutoramento4,93 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID