Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/65018

TitleAlteridade e ficção: representações “raciais” no cinema pós-colonial em Portugal e em Moçambique
Other titlesOtherness and fiction: “racial” representations of postcolonial cinema in Portugal and Mozambique
Author(s)Pereira, Ana Cristina
Cabecinhas, Rosa
KeywordsAlteridade
Identidade
Representações “raciais”
Cinema português
Cinema moçambicano
Otherness
Identity
“Racial” representations
Portuguese cinema
Mozambican cinema
Issue date2014
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Abstract(s)De fácil acesso e reprodução, os filmes atravessam continentes e gerações, atualizando conceitos, preconceitos e hipóteses. Cada filme conserva no seu corpo e transmite determinadas representações, e portanto reflete pensamento sobre “nós”, o “outro” e a relação entre ambos, podendo ajudar a perpetuar ou a reconstruir identidades e relações. Depois da descolonização portuguesa/independências africanas, cada cinematografia, à semelhança de cada país, seguiu o seu percurso enfrentando os seus próprios desafios e elaborando discursos diferenciados. Pergunta-se como é que nas cinematografias pós-coloniais, portuguesa e moçambicana foram representados os portugueses e os africanos e como são hoje negociadas essas representações, em Portugal e em Moçambique. Discutem-se os conceitos que atravessam todo o quadro de investigação, compara-se a evolução do cinema nos dois países e propõe-se um conjunto de abordagens qualitativas, colocadas em diálogo numa prática de análise discursiva: a análise de um corpo fílmico constituído por longas-metragens de ficção portuguesas e moçambicanas, análise de entrevistas a criadores, produtores e críticos, e a dinamização de grupos focais.
Easy to access and reproduce, films cross continents and generations, updating concepts, prejudices and assumptions. Each film keeps in its body and transmits certain representations, and therefore reflects thinking about “us”, the “other” and the relationship between both, which may help to perpetuate or rebuild identities and relationships. After the Portuguese decolonization / African independence, each cinematography followed its path facing different challenges and developing differentiated discourses. How do the post-colonial, Portuguese and Mozambican, cinematography represents Portuguese and Africans, and how are these representations negotiated today in Portugal and Mozambique? This paper discusses the concepts that run throughout the research framework, compares the cinema history of both countries and propose a set of qualitative approaches, placed in dialogue in a practice of discourse analysis: the analysis of a set of Portuguese and Mozambican films, the analysis of interviews with directors, producers and critics, and the dynamics of focus groups.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/65018
ISBN978-989-8600-26-4
Publisher versionhttp://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/issue/view/152
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_Pereira_Cabecinhas_Alteridade-ficcao.pdf268,77 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID