Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/64378

TitleEducomunicador como agente de integração das tecnologias de informação e comunicação na escola
Other titlesEducomunicator as an integration agent for information and communication technologies in school
Author(s)Martini, Rafael Gué
Advisor(s)Silva, Bento Duarte da
Sartori, Ademilde Silveira
KeywordsEducomunicação
Práticas Pedagógicas Educomunicativas
Epistemologias do Sul
Audiovisual na Escola
Educommunication
Educommunication Pedagogical Practices
Epistemologies of South
Audiovisual in School
Issue date15-Oct-2019
Abstract(s)O tema da pesquisa é a Educomunicação, entendida aqui como uma abordagem epistemológica voltada à promoção da atitude cidadã por meio do fortalecimento de ecossistemas abertos e democráticos (Soares, 2013). A questão a ser esclarecida é o papel das Práticas Pedagógicas Educomunicativas (PPE) na integração das diversas agências de formação no ecossistema do espaço institucional educativo. As PPE implicam o uso dos meios de comunicação social na aprendizagem e envolvem a educação, tecnologias e cultura escolar. Essas características nos permitem abordá-las enquanto especialidade da Tecnologia Educativa (Area, 2009), que é a ponte com a agência de formação midiaticotecnológica (Huergo, 2010). Por isso buscamos reforçar teoricamente os aspectos comunitários e de emancipação pessoal capazes de fortalecer as relações com a agência sociocomunicacional. Só assim o ecossistema educomunicativo onde se integram estas agências pode vir-a-ser sustentável. Iniciamos pela revisão de literatura que caracterizou a Educomunicação como uma Epistemologia do Sul (Santos, 2000, 2011), com viés comunitário e emancipatório; indicou a emergência de uma Teoria da Ação Educomunicativa como forma de adensar a abordagem; e aportou um método de diagnóstico com base na análise e intervenção da sociologia da comunicação. Nosso caminho metodológico foi o Estudo de Caso Qualitativo do Programa de Extensão Educom.Cine: Participação e Cidadania , realizado em 2015 pela Universidade do Estado de Santa Catarina. O programa ofertou oficinas de produção audiovisual no contraturno escolar para uma equipe formada por voluntários de organizações locais e estudantes do 7˚ ao 9˚ ano de uma escola municipal da cidade de Florianópolis/Brasil. Nesse campo de experiência com as PPE nossos objetivos foram: revisar a literatura sobre Educomunicação; refletir sobre as práticas; e inventariar o conhecimento coletivo dos participantes na proposição de novas ações. Os principais dados advieram da realização de dois grupos focais com estudantes e 15 entrevistas com profissionais envolvidos no programa. A análise foi realizada a partir das categorias sociais ontológicas do dispositivo sociocomunicacional de Vizer (2012). Nesse escopo, os resultados apontam como papel central das PPE a emancipação dos sujeitos como elos fundamentais de articulação das diversas agências de formação na escola. Outros papéis identificados foram a gestão de redes e canais que facultem espaço e voz aos atores sociais que, no contexto local, concebem práticas e produzem conhecimento (Freire & Guimarães, 2013). Num horizonte utópico, cada um seria um educomunicador co-responsável pela sustentabilidade do ecossistema educomunicativo da escola.
The theme of the research is Educommunication, understood here as an epistemological approach focused on the promotion of citizen attitude through the strengthening of open and democratic ecosystems (Soares, 2013). The question to be clarified is the role of Educommunication Pedagogical Practices (EPP) in the integration of the various training agencies into the ecosystem of the educational institutional space. EPPs involve the use of media in learning and involve education, technology and school culture. These characteristics allow us to approach them as a specialty of Educational Technology (Area, 2009), which is the bridge with the media-technology training agency (Huergo, 2010). That is why we seek to theoretically reinforce the community and personal emancipation aspects capable of strengthening relations with the sociocommunitarian agency. Only in this way can the educommunicative ecosystem of these agencies become sustainable. We started with the literature review that characterized Educommunication as a Southern Epistemology (Santos, 2000, 2011), with a community and emancipatory view; indicated the emergence of an Educomunicative Action Theory as a way to deepen the approach; and provided a diagnostic method based on the analysis and intervention of the sociology of communication. Our methodological path was the Qualitative Case Study of the Educom.Cine Extension Program: Participation and Citizenship, held in 2015 by the State University of Santa Catarina. The program offered audiovisual production workshops in the school counterpart to a team formed by volunteers from local organizations and students from the 7th to 9th grade of a municipal school in the city of Florianópolis / Brazil. In this field of experience with EPP our objectives were: to review the literature on Educommunication; reflect on practices; and to inventory the collective knowledge of the participants in proposing new actions. The main data came from the realization of two focus groups with students and 15 interviews with professionals involved in the program. The analysis were carried out from the ontological social categories of the sociocommunicational device of Vizer (2012). In this scope, the results point out as the central role of the EPP the emancipation of the subjects as fundamental links of articulation of the various training agencies in the school. Other identified roles were the management of networks and channels that provide space and voice to social actors who, in the local context, design practices and produce knowledge (Freire & Guimarães, 2013). In a utopian horizon, each one would be an educommunicator coresponsible for the sustainability of the educomunicative ecosystem of school.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de Doutoramento em Ciências da Educação (Área de Especialização em Tecnologia Educativa)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/64378
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
CIEd - Teses de Doutoramento em Educação / PhD Theses in Education

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rafael Gue Martini.pdfVersão final7,57 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID