Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/62130

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGirão, Odetepor
dc.contributor.authorPereira, Sarapor
dc.contributor.authorPinto, Manuelpor
dc.date.accessioned2019-11-15T10:16:12Z-
dc.date.available2019-11-15T10:16:12Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationGirão, O., Pereira, S. & Pinto, M. (2014). Debate em torno dos Nativos Digitais. In Z. Pinto-Coelho & N. Zagalo (Eds.), Comunicação e Cultura. III Jornadas Doutorais, Ciências da Comunicação e Estudos Culturais (pp. 78-88). Braga: CECS.por
dc.identifier.isbn978-989-8600-26-4por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1822/62130-
dc.description.abstractA ideia de uma nova geração de jovens, denominados Nativos Digitais, imbuídos de competências tecnológicas e com preferências para as quais a educação tradicional não está preparada gerou a atenção de vários investigadores. Desde logo houve uma necessidade de os estudar e caracterizar, mas rapidamente surgiram discrepâncias em torno das mesmas para as quais era necessário obter resposta através do estudo empírico. Vários estudos foram realizados e há já uma ideia generalizada de que não se pode considerar esta geração como uma realidade homogénea, na medida em que vários fatores contribuem para a sua diferenciação. Neste artigo pretendemos debater e refletir sobre o conceito de “nativos digitais” e o seu significado, baseando-nos em três estudos empíricos que refletem sobre as possíveis divergências existentes entre a geração de jovens nascidos entre os anos 80 e 90.por
dc.description.abstractThe idea of a new generation of youth, called Digital Natives, imbued with technological skills and preferences for which traditional education is unprepared generated the attention of several researchers. Since their appearance there was a need to study and characterize them, but quickly discrepancies arose for which it was necessary to get an answer through empirical study. Several studies have been conducted and there is already a widespread idea that one cannot consider this generation as a homogeneous reality, to the extent that several factors contribute to its differentiation. This article aims to discuss and reflect on the concept of “digital natives” and their meaning, based on three empirical studies that reflect on the possible differences between the generation of young people born between the 80’s and 90’s.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)por
dc.relationinfo:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147330/PTpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectNativos digitaispor
dc.subjectFosso digitalpor
dc.subjectTICpor
dc.subjectDigital nativespor
dc.subjectDigital gappor
dc.titleDebate em torno dos Nativos Digitaispor
dc.title.alternativeThe Digital Natives Debatepor
dc.typeconferencePaperpor
dc.peerreviewedyespor
dc.relation.publisherversionhttp://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/cecs_ebooks/article/view/1949/1874por
oaire.citationConferenceDate18 - 19 Set. 2014por
sdum.event.titleComunicação e Cultura. III Jornadas Doutorais, Ciências da Comunicação e Estudos Culturaispor
sdum.event.typejourneyspor
oaire.citationStartPage78por
oaire.citationEndPage88por
oaire.citationConferencePlaceBraga, Portugalpor
dc.subject.fosCiências Sociais::Ciências da Comunicaçãopor
sdum.conferencePublicationComunicação e Cultura. III Jornadas Doutorais, Ciências da Comunicação e Estudos Culturaispor
oaire.versionVoRpor
Appears in Collections:CECS - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings
DCC - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_Girao_Pereira_Pinto_Debate-em-torno-dos-Nativos-Digitais.pdf251,63 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID