Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/60165

TitleAvaliação das condições de verdor, umidade e de senescência da vegetação queimada no incêndio de Braga, Portugal, em outubro de 2017
Author(s)Baptista, Gustavo Macedo de Mello
Bento-Gonçalves, António
Vieira, António
KeywordsGrande incêndio de Braga
Índices Espectrais
Sentinel 2
Análise Discriminante
Issue date2018
CitationBaptista, Gustavo, Bento-Gonçalves, António, Vieira, António (2018). Avaliação das condições de verdor, umidade e de senescência da vegetação queimada no incêndio de Braga, Portugal, em outubro de 2017. In Desafios para afirmar a Lusofonia na Geografia Física e Ambiente. II Encontro Luso-Afro-Americano de Geografia Física e Ambiente. CEGOT-UMinho, Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade do Minho. Guimarães, p. 1079-1085.
Abstract(s)Em 2017, mais de 100 pessoas morreram em Portugal, encurraladas por incêndios extremos, em apenas dois dias, 17 de junho (66 pessoas) e 15 de outubro (45 pessoas), antes e depois da chamada época “normal” dos incêndios. O grande incêndio florestal de Braga, que teve início no dia 12 de outubro, no município de Guimarães (Leitões), e que entrou no concelho de Braga no dia 15 de outubro, queimou cerca de 1007 hectares (967 hectares de povoamentos e 40 hectares de matos), numa área onde predominavam eucaliptos, mas com uma mancha significativa de carvalhos e sobreiros, e desprotegeu a declivosa e desordenada interface urbano-florestal da cidade de Braga. O presente estudo objetivou avaliar as condições de verdor, de umidade e de senescência da vegetação anteriores ao incêndio que ocorreu, como já referido, no dia 15 de outubro. Para tal, utilizaram-se dados do sensor Sentinel 2, do dia 02 e do dia 22 de outubro. Os dados utilizados foram os relativos à reflectância de superfície e com 20 metros de resolução espacial. Com os dados de 02 de outubro foram calculados os índices espectrais de verdor NDVI (Normalized Difference Vegetation Index), de umidade NDII (Normalized Difference Infrared Index) e de senescência PSRI (Plant Senescence Reflectance Index). Para avaliar as áreas queimadas e não queimadas adotou-se a cena de 22 de outubro. A escolha dos pixels amostrais foi feita por meio da determinação de pixels puros e, para tal, adotou-se a redução de dimensionalidade e de ruído, por meio do método Minimum Noise Fraction e depois o Pixel Purity Index. Foram escolhidos os pixels que estiveram mais vezes nos vértices do simplex e selecionados 30 pontos para cada classe. A classe não queimada apresentou maior verdor (μ = 0,94 ± 0,025), mais umidade (μ = 0,42 ± 0,11) e estava no limiar antes de considerar a vegetação senescente (μ = 0,20 ± 0,049). Já a classe queimada apresentou menor verdor (μ = 0,85 ± 0,04), menos umidade (μ = 0,35 ± 0,10) e maior senescência (μ = 0,26 ± 0,02). Para cada pixel coletou- se os valores de NDVI, NDII e PSRI e aplicou-se a análise discriminante. Como resultado, dos 30 pontos identificados com não queimada, apenas 1 foi classificado como queimada, o que representou 0,967 de proporção de acerto; dos 30 identificados como queimada, todos foram discriminados, o que representou 1,0 de proporção de acerto. No total, das 60 amostras utilizadas, a proporção de acerto foi de 0.983. Novos estudos devem ser incentivados para aprimorar a compreensão das condições pretéritas para evitar eventos catastróficos como os ocorridos em Portugal nesse ano.
TypeConference paper
URIhttps://hdl.handle.net/1822/60165
ISBN978-989-20-8562-3
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CEGOT - Artigos em livros de atas de congressos internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
II_ELAAGFA_Baptista_et_al.pdf1,85 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID