Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/49460

TitleDilemática ética na gestão hospitalar: questões prementes do fim de vida
Author(s)Peixoto, Eva Glória Alvarez
Advisor(s)Freire, C.
Rocha, Acílio da Silva Estanqueiro
Issue date2017
Abstract(s)Os Indicadores de Qualidade em Saúde têm assumido, nos últimos anos, capital importância na deliberação de regras que comandem as condutas dos Profissionais de Saúde. Indicadores protetores de uma visão curativa e encurtada da saúde, almejada com a maior rapidez, em resultados. Contudo, resvalam estes objetivos curativos nos princípios paliativos promulgados pela Organização Mundial de Saúde, a qual zela o conforto físico, psicológico e espiritual dos doentes. Este trabalho debruça-se sobre uma área, o fim de vida, ainda desprovido de indicadores que aprimorem a sua qualidade, reverberada não em resultados de saúde, pois esta é inexistente nos que findam a vida, mas do processo de cuidar até à morte. A primeira parte do trabalho é constituída pela revisão bibliográfica dos dilemas em estudo, que recaem essencialmente na contradição entre a qualidade pretendida dos indicadores de saúde e a promulgada pelos cuidados paliativos. São escassos os estudos desenvolvidos na expansão dos assuntos em questão, tendo sido, contudo, extraído deles substância relevante para o seu ulterior entendimento e aprofundamento. O presente trabalho dá ainda a conhecer outros dilemas sentidos pelos enfermeiros no diário cuidar de doentes em fim de vida, bem como dos principais entraves sentidos pelos doentes em fase terminal, à sua qualidade de vida ao longo do internamento no Hospital. Dada a natureza dos problemas de investigação, o estudo foi desenvolvido de acordo com o paradigma quantitativo e qualitativo, com recurso a uma amostragem de categoria não probabilística do tipo de amostra por conveniência composta por 100 enfermeiros e 30 doentes os quais foram inquiridos por meio de questionários e entrevistas. A análise dos dados permitiu aferir discrepâncias entre a realidade comandada por indicadores de qualidade e o idóneo exercício profissional, na área dos Cuidados Paliativos. No culminar do trabalho são sugeridas medidas que possam ascender além dos limites atuais à cabal qualidade dos cuidados paliativos.
The Health Quality Indicators have assumed, in the last years capital importance in the rules deliberation that command Professional Health conduct. These Indicators protect a curative and shortened health vision, which aims quickness in results. However, these curative objectives slip in the palliative principles promulgated by World Health Organization, that zeals for physical, psychological and spiritual confort of terminal patients. This work looks over an area, the life´s end, still devoid of indicators that improve its quality, reverberated not in health results, once that is nonexistent in the ones that are in the end, but in the care process until death. The first part of the work is constituted by literature review of the study dilemma, which focus essentially in the contradiction between the pretended quality of health indicators and the one promulgated by Palliative Care. The studies developed in the expansion of the concerned subjects are scarce, though it has been extracted from them relevant substance for their further understanding and deepening. The presente work still reveals other dilemas felt by nurses in their daily care to terminal patients, as well as the main hindrances felt by terminal patients to their hospitalisation life quality. Given the investigation nature problems, the study has been developed accordingly with the quantitative and qualitative paradigm, with resource to a convenience sampling technique, using a non-probablistic sample of the population composed by 100 nurses and 30 patients, who have been inquired through questionnaires and interviews. The data analysis allowed to gauge the discrepancies between the Indicators quality commanded reality and the most suitable professional practice, in Palliative Care. The work culminates with the suggestion of measures that can ascend beyond the actual limits to the thorough palliative care quality.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Gestão de Unidades de Saúde
URIhttps://hdl.handle.net/1822/49460
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EEG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eva Glória Alvarez Peixoto.pdf6,94 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID