Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/46540

TitleFragilidades no apoio às pessoas com deficiência: aplicação ao concelho de Vieira do Minho
Author(s)Silva, Tiago José Costa da
Advisor(s)Pereira, Orlando P.
KeywordsDeficiência
Economia social
Empreendedorismo social
Humanização
Respostas sociais
Disability
Social economics
Social entrepreneurship
Humanisation
Social responses
Issue date26-Jul-2017
Abstract(s)Neste trabalho, aborda-se a economia social como um ramo da ciência económica de cariz humanista e sustentável. As suas preocupações centram-se nas pessoas, sem nunca perder de vista o crescimento e o desenvolvimento económico sustentável. Coloca em plano secundário o lucro e prioriza a sustentabilidade dos valores patrimoniais sociais. Por isso, o trabalho tem como foco principal o tema das pessoas com algum grau de deficiência no concelho de Vieira do Minho. Socorre-se de um estudo de campo feito por nós, de ordem qualitativo e, ao mesmo tempo, parte de um estudo realizado pela Câmara Municipal de Vieira do Minho onde se identifica o número de pessoas e o tipo de deficiências existentes no concelho. A partir de tal estudo, bem como de outras informações gentilmente cedidas por aquele organismo público, projetamos o nosso trabalho, definimos a amostra e realizámos o trabalho de campo. Com o presente trabalho, parece-nos claro perceber que, se humanizarmos a economia, temos uma maior probabilidade de criar uma sociedade inclusiva e sustentável e de dar resposta aos problemas que emergem nas populações. Por isso, o presente estudo aborda temas como a economia social e solidária, o terceiro setor, o empreendedorismo social, as respostas socias atuais que a Segurança Social dispõe para apoiar e estabelecer acordos de parceria com instituições do terceiro setor. Tais orientações são enquadradas com o conceito de pessoas portadoras de algum grau de deficiência no concelho de Vieira do Minho.
This research addresses Social Economics focusing upon Economics as a sustainable and humanist science. Its scope of analysis is people, without ever losing sight of sustainable economic growth and development. In this light, it does not emphasise profit, albeit it considers of paramount importance the sustainability of social equity values. Therefore, our endeavour is to focus on people who may hold some degree of disability in the municipality of Vieira do Minho. It resorts to a qualitative field study we realised ourselves and, simultaneously, to a research which was conducted by the Vieira do Minho City Hall, thereby identifying how many people and which type of disabilities do exist in the municipality. Our research design, our sample and field work data draw on the aforementioned study as well as other information kindly provided by that public body. Evidence highlights that, if we humanise the economy, the likelihood of creating an inclusive and sustainable society will increase and may even allow to solve real emerging problems. Therefore, the present study discusses topics as diverse as the social and solidarity economy, the third sector, social entrepreneurship, and the Social Security current social responses with a view to support and establish partnership agreements with institutions of the third sector. Such guidelines are framed by the concept of people holding some degree of disability in the municipality of Vieira do Minho.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Economia Social
URIhttps://hdl.handle.net/1822/46540
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tiago+José+Costa+da+Silva.pdf2,42 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID