Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/4570

TítuloWeb services na informação geográfica
Autor(es)Araújo, Mário André
Orientador(es)Rocha, Jorge Gustavo
Data2005
Resumo(s)A multiplicação dos Geo Web Services (Geo WS) tem vindo a ser conseguida sob os auspícios do consórcio OpenGIS, sendo de realçar o sucesso dos serviços Web Map Service e Web Feature Service. Estes serviços vieram operacionalizar a comunicação aplicação-aplicação, permitindo a troca de informação entre clientes e servidores, que respeitem a norma, independentemente das suas especificidades. No âmbito deste trabalho, partiu-se do estudo dos WS e especificamente dos Geo WS para argumentar que apenas se resolveu o problema da interoperacionalidade (2) ao nível sintáctico, ou seja, as mensagens satisfazem a estrutura definida. No entanto, como se defende nesta tese, a interpretação e utilização correcta da informação carece de uma análise semântica. A procura e utilização autónomas de Geo WS com informação relevante, por parte de um cliente, são extremamente dificultadas pela falta dessa informação semântica. Defende-se que, através da introdução de uma camada semântica se consegue atingir um nível superior de interoperacionalidade. Neste contexto, são identificados trabalhos já desenvolvidos nesta área e são apresentadas duas propostas para abordar esta problemática. Uma das propostas está ainda em consolidação e resulta de uma experiência de interoperacionalidade semântica do consórcio OpenGIS, em que a Universidade do Minho participa. Outra proposta, integralmente desenvolvida no âmbito deste mestrado, passa pela criação e manutenção de uma ontologia a adicionar à arquitectura dos WS. Esta última aproximação é demonstrada através de uma ferramenta desenvolvida para a procura de IG em Geo WS, sendo que os conceitos estão indexados a uma ontologia multi-língua comum. Desta forma julgamos ter contribuído para melhorar a interoperacionalidade dos WS, isto é, possibilitando que dinamicamente se possam substituir ou acrescentar novos servidores de IG. Este dinamismo é necessário para que, por exemplo, um dispositivo móvel, à medida que se vai deslocando, possa encontrar e seleccionar servidores de informação relevante. (2) Capacidade de comunicar, executar programas, ou transferir dados entre diferentes unidades funcionais sem que o utilizador tenha que se preocupar com as características específicas de cada uma dessas unidades (Rocha, 2004).
Open GIS Consortium has been promoting the multiplication of the Geo Web Services, especially thanks to the success of the Web Map Services and Web Feature Services. These services started giving the communication application-application a more operational use, allowing the exchange of information between clients and servers compliant with the standard, regardless of their internal specifications. The scope of this work began with the study of the WS, namely the Geo Web Services in order to prove that only the syntatic interoperability has been solved, i.e. the messages conform with the defined structure. Nevertheless, as it will be vindicated in this thesis, the interpretation and correct usage of the information requires a semantic analysis. The client's independent search and usage of Geo WS with relevant information is extremely difficult due to the lack of that semantic information. It will be vindicated that a higher level of interoperability will be obtained by adding a semantic layer. Previous work on this topic, and two proposals are presented. One of the proposals is still in process and arises from an experiment on semantic interoperability carried by OpenGIS Consortium. The other proposal totally developed within the scope of this thesis, aims to create and maintain an ontology to add to the stack of Geo Web Services. This last approach is demonstrated by a tool developed to search GI in Geo Web Services, exploring a common multi-language ontology. Therefore, our aim is to contribute to the improvement of the interoperability between Geo WS, i.e. allowing new IG servers to be replaced or added in a dynamic way. This dynamic behavior is necessary for example to enable mobile devices to discover and select servers with relevant information, while on movement. (1) Capacity to communicate, execute programmes or data transfer between different functional units, without the user's concern about the specific characteristics of those units. (Rocha, 2004)
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Informática.
URIhttp://hdl.handle.net/1822/4570
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado
DI/CCTC - Dissertações de Mestrado (master thesis)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1. 6x thesis (for printing).pdf2,07 MBAdobe PDFVer/Abrir
3. 6x resumo.pdf45,83 kBAdobe PDFVer/Abrir
4. 6x abstract.pdf38,78 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis