Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/35979

TitleA escola de serviço público e a busca de resultados em contexto concorrencial: um estudo de caso numa escola secundária
Author(s)Lopes, Roberto Luciano Ferreira
Advisor(s)Antunes, Fátima
KeywordsMercado concorrencial
Lógicas de ação
Lógicas de mercado
Regulação
Exames nacionais
Escolaridade da família
Segmento profissional da família
Constituição de turmas
Origem geográfica
Escola básica de origem
Rankings
Explicações
Aulas de apoio educativo
Competitive market
Logics of action
Market principles
Regulation
National exams
Family education
Professional segment of the family
Formation of classes
Geographical origin
Elementary school of origin
Rankings
Tutoring
Pedagogic support classes
Issue date2015
Abstract(s)As escolas nos últimos anos depararam-se com a necessidade de apresentar resultados, para que estes fossem anunciados aos encarregados de educação e população em geral através da comunicação social. O ‘contrato’ educativo a que estas estavam sujeitas para com os seus alunos ficou dependente também da comparação entre escolas. Surgiu, assim, um mercado concorrencial entre instituições a que estas não ficaram totalmente indiferentes. As lógicas de ação que as escolas têm vindo a apresentar são diferentes, também quanto às suas necessidades e propósitos, no entanto, as lógicas de mercado ganharam expressão na necessidade de cativar os melhores alunos para assim se conseguirem os melhores resultados. A expressão serviço público deixou de estar associada ao sentido comunitário e cívico para se apresentar com caraterísticas de industrialização da educação com uma regulação centrada no produto. O trabalho realizado inscreve-se nos estudos de caso, numa escola secundária de uma cidade de média dimensão. Foram realizados inquéritos por questionário e por entrevista, o que nos levou ao tratamento de dados quantitativos e qualitativos. As questões centraram-se na caraterização das famílias, motivos das opções da escola e cursos frequentados, recursos de apoio à escolarização mobilizados pelas famílias e escola, assim como a opinião sobre o ranking de escolas e o seu efeito. Os percursos educativos dos alunos foram também influenciados por esta nova era do mercado concorrencial; dentro de uma mesma escola a orientação para uma fileira formativa de menor exigência académica parece ter sido a solução para responder às dificuldades dos alunos, obtendo-se também melhores resultados nos exames nacionais, por não estarem sujeitos a estes. Os recursos académicos e económicos das famílias também condicionam a opção por determinados percursos, por não os almejarem e por não possuírem os meios necessários para obterem sucesso. A origem geográfica é igualmente uma condicionante para alcançarem melhores resultados, principalmente por a escola básica de origem ter sido, para além do curso, o fator principal a considerar na constituição das turmas à entrada do ensino secundário. Quanto à motivação pela opção da escola, demonstrou-se ser mais importante a localização e o prestígio do que os resultados, sem que estes sejam abandonados no momento da decisão. Os exames condicionam o trabalho do professor ao ponto de este considerar que está a “domesticar” alunos para reproduzirem conteúdos. As explicações, recursos das famílias, e as aulas de apoio educativo, recursos da escola, foram a resposta mais eficaz na busca de melhores resultados que se manifestaram numa posição de conforto nos rankings nacionais das escolas secundárias.
In the last years, schools were forced to present results in order to be public announced, especially to parents, through the media. The educational contract that schools were submitted toward their students was also depending of the comparison between schools. That way, it appeared a competitive market between institutions, which schools can’t stay indifferent. Schools presented different ways of acting, needs and goals, however, markets also needed to catch the best students to have the greatest results. The term “public service” is no longer associated to the community and service sense, but it is now transformed in an educational industrialization focus on the final product. The present work is based on case studies, in a high school of an average city. Surveys were made by one questionnaire and an interview, which took us to the handling of quantitive and qualitative data. Questions were focused on families ‘background, reasons for the choice of schools and courses, resources support to schooling mobilized by families and school, as well as the opinion of the schools ‘ranking and its effect. The educational pathways of students were also influenced by this new era of competitive markets, within same school, the formative referral of a minor academic requirement might have been the solution to answer students’ difficulties, also achieving better results in national exams, by not being obliged to do them. The academic and economical resources of families also have a decisive impact on chosing some paths due to not willing them or because they don’t have the necessary means to get success. The geographical origin is also an important requirement to get better results, mainly because the school of origin was an important factor to get into certain classes of secondary education. Concerning to the school option, it has been proved that the location and prestige are more important than the results, although those last ores aren’t totally ignored. The exams condition the teacher’s work. Indeed, the professional consider that he is “breaking” students taking them reproducing contents. Tutoring (families resources), pedagogic support classes (school resources) have been the most appropriate answer on getting better results, clearly in a comfortable position on rankings of national highs schools.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Administração Educacional)
URIhttps://hdl.handle.net/1822/35979
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE.pdf2,09 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID