Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/85900

TitleTerritório, memória e interculturalidade: o Museu Virtual da Lusofonia e a paixão pela língua portuguesa
Author(s)Trindade, Elaine Cristina Azevedo
Nardini, Alessandra
Martins, Moisés de Lemos
KeywordsCircum-navegação tecnológica
Estudos decoloniais e pós-coloniais
Identidades transculturais e transnacionais
Interculturalidade
Língua portuguesa
Lusofonia
Museu Virtual da Lusofonia
Decolonial and post-colonial studies
Transcultural and transnational identities
Interculturality
Lusophony
Lusophone Virtual Museum
Portuguese language
Technological circum-navigation
Issue date2022
PublisherLíquido Editorial
CitationTrindade, E., Nardini, A., & Martins, M. L. (2022). Território, memória e interculturalidade: O Museu Virtual da Lusofonia e a paixão pela língua portuguesa. In R. Brito, E. Capoano & V. Sousa (Eds.), Identidade, lusofonia, interculturalidade, comunicação: Interfaces (pp. 76-96). Líquido Editorial.
Abstract(s)A questão do outro, que partilha com Portugal uma memória histórica, que é memória não apenas de encontro, mas também de assimilação e dominação colonial, tem todavia, hoje, condições para uma abertura ao interconhecimento e à cooperação científica, através de projetos de ensino e de investigação que cumpram este desiderato. De certo modo, estes estudos estão relacionados com o fenómeno da globalização, que tem como condição de possibilidade as novas tecnologias de informação. Neste contexto, o Museu Virtual da Lusofonia é um espaço na Web, que aponta para uma identidade transcultural e transnacional, que assinala o espaço dos países de língua oficial portuguesa, incluindo as suas diásporas, e regiões como Macau, Goa e Galiza. Trata-se de um espaço de resistência cultural, memória histórica e transculturalidade. Com efeito, a ideia que preside ao Museu Virtual da Lusofonia é o da construção, desconstrução e reconstrução no ciberespaço das culturas faladas em português, tendo em conta todas as suas variedades. Para todos os países deste espaço geocultural trata-se de uma questão estratégica, pois permite não apenas conhecer a memória histórica dos povos que nele habitam, como permite afirmar, do mesmo passo, através de projetos de cooperação, a língua portuguesa como língua de ciência.
TypeBook part
URIhttps://hdl.handle.net/1822/85900
ISBN978-85-92943-12-7
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Livros e capítulo de livros / Books and book chapters
DCC - Livros e capítulo de livros / Books and book chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_Territorio-memoria-interculturalidade.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID