Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/67523

TitlePode o tipo de letra evitar o esquecimento? um estudo com a letra Sans Forgetica
Other titlesCan a font avoid forgetfulness? a study with the letter Sans Forgetica
Author(s)Carvalho, Dália Vanessa Machado
Advisor(s)Albuquerque, Pedro Barbas
KeywordsDificuldade desejada
Disfluência
Processamento
Recordação
Desired difficulty
Disfluency
Processing
Recall
Issue date2020
Abstract(s)Em 2018 surgiu a letra Sans Forgetica, que combinou conhecimento da Psicologia e do Design com o objetivo de produzir um tipo de letra que melhorasse a memória, a partir da criação de dificuldade desejada (Bjork, 1994). Esta é provocada pela disfluência que resulta da utilização de material de estudo em fonte de difícil leitura, como seria o caso do Sans Forgetica. O presente estudo teve como principal objetivo testar este pressuposto, se o Sans Forgetica melhora a memória, e dessa forma se confirma as razões que levaram à sua produção. Foram realizadas duas experiências em que os participantes, após uma tarefa de níveis de processamento, deviam recordar o maior número de palavras possíveis apresentadas em Sans Forgetica ou Times New Roman. Não foram encontradas diferenças entre os dois tipos de letra na recordação de palavras, o que sugere que o tipo de letra Sans Forgetica não cria a dificuldade desejada nem beneficia a recordação.
In 2018, the letter Sans Forgetica appeared, which combined knowledge of Psychology and Design with the objective of producing a type of letter that improves memory, from the creation of the desirable difficulty (Bjork, 1994). This is caused by the disfluency that results from the use of study material in a hardto- read font, as would be the case with Sans Forgetica. The present study had as main objective to test this assumption, if Sans Forgetica improves memory, and in this way the reasons that led to its production are confirmed. Two experiments were carried out in which the participants, after a task of processing levels, had to remember the largest possible number of words presented in Sans Forgetica or Times New Roman. No differences were found between the two fonts in word recall, which suggests that the Sans Forgetica font does not create the desired difficulty or benefit the recall.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/67523
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Dalia_Carvalho_a78727.pdf977,63 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID