Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/1822/63693

TitleInclusão no pré-escolar nas escolas públicas na região de Santa Catarina, Brasil
Author(s)Camelo, Aline Cristina Pereira da Silva
Advisor(s)Pereira, Ana Paula da Silva
KeywordsInclusão
Pré escolar
Atitudes
Necessidades educativas especiais
Inclusion
Preschool
Attitudes
Special educational needs
Issue date2019
Abstract(s)Em um ambiente educacional, a formação de atitudes pode ser influenciada pelas experiências que as crianças tenham com seus colegas com Necessidades Educativas Especiais (NEE). São por meio dessas relações que as crianças se desenvolvem nos primeiros anos de vida, pois todas estão inseridas no pré-escolar e aprendem a desenvolver as suas relações sociais e emocionais com os outros, principalmente com crianças que apresentam alguma NEE. Desta maneira a presente pesquisa tem como finalidade: Identificar as atitudes das crianças com desenvolvimento típico, com 5 anos, em relação a aceitação dos pares com NEE incluídos na rede pública da região de Santa Catarina, Brasil . Tendo como base uma metodologia quantitativa, descritiva e inferencial, a presente pesquisa usa uma amostra de 115 crianças, todas com 5 anos de idade e que frequentam o pré-escolar na cidade de Navegante-SC-Brasil. O instrumento usado foi a “Escala de Atitudes acerca da Inclusão de Crianças com Necessidades Educativas Especiais no pré-escolar” (Rodrigues & Pereira, 2017), adaptada da “Acceptance Scale for Kindergarten” (Favazza & Odom,1996). E com os resultados desta pesquisa foi possível analisar a variável gênero, tipo de NEE, interação em contexto externo à escola e a sensibilidade dos pais. Dos resultados destacam-se: a variável sensibilização dos pais e a variável interação com crianças com NEE em contexto externo à escola. Sendo assim fica evidente que os resultados desta pesquisa poderão contribuir para futuros trabalhos ou até mesmo para reforçar os trabalhos de interação das crianças com DT entre as crianças com NEE dentro do contexto do pré-escolar.
In an educational setting, the attitude formation of children can be influenced by the experiences they have with their peers with Special Educational Needs (SEN). It is through these relationships that children develop in the first years of their life, as they are all placed in preschool and learn to develop their social and emotional relationships with others, especially with children who present some SEN. This research therefore has the following objectives: Identifying the attitudes of 5 tear old children with typical development in regards to the acceptance of peers with SEN within the public schools of Santa Catarina, Brasil. 115 children, 5 years of age, studying pre-school in Navegante City in Santa Catarina, Brasil, were the sample group used for this study, using a quantitative, descriptive and inferential methodology. The instrument used was the “Attitude Scale for Inclusion of Children with Special Needs in Preschool” (Rodrigues & Pereira, 2017), adapted from the “Acceptance Scale for Kindergarten” (Favazza & Odom, 1996). The results of this research permitted the analysis of variables within gender, type of SEN, interaction outside the school environment and parent awareness. The results that stood out the most from the data were parent awareness and interaction outside the school environment variables. It is evident that the results of this study may contribute to future research or even to reinforce the interaction effort between children with TD among children with SEN within a preschool context.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Educação Especial (área de especialização em Intervenção Precoce)
URIhttps://hdl.handle.net/1822/63693
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Aline Cristina Pereira da Silva Camelo.pdf444,97 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID