Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/61247

TitleQualidade de vida no cancro do colo do útero: um estudo com mulheres da Amazónia em tratamento
Author(s)Marques, Inês Antunes
Advisor(s)Pereira, M. Graça
KeywordsCancro colo do útero
Espiritualidade
Morbilidade psicológica
Qualidade de vida
Representações da doença
Anxiety
Cervical cancer
Depression
Ilness perception
Quality of life
Spirituality
Issue date2019
Abstract(s)O Cancro do Colo do Útero remete para uma neoplasia maligna feminina, precedido por alterações celulares em que células alteradas invadem o tecido do colo do útero, afetando um elevado número de mulheres a nível mundial tendo grande impacto na Qualidade de Vida. Este estudo procura identificar variáveis que contribuem e moderam a Qualidade de Vida. A amostra é constituída por 119 mulheres do estado de Amazonas (Brasil), em fase de tratamento, avaliadas ao nível da morbilidade psicológica, representações da doença, imagem corporal, sintomas específicos, espiritualidade e Qualidade de Vida. Os resultados revelaram que a experiência de sintomas derivados da doença e elevada morbilidade psicológica contribuem negativamente para a Qualidade de Vida. Ao nível da espiritualidade, a reflexão e interpretação positiva moderou a relação entre as representações da doença e a Qualidade de Vida. Assim, torna-se importante intervir psicologicamente durante o tratamento de forma a diminuir a morbilidade psicológica, promover o desenvolvimento de crenças menos ameaçadoras da doença e reconhecer o importante papel da espiritualidade, contribuindo para a promoção da Qualidade de Vida de mulheres com Cancro do Colo do Útero.
Cervical cancer refers to gynecological neoplasia, preceded by a change of cells that alter the tissue of the cervix, affecting a large number of women worldwide with a strong impact on Quality of Life. This study aims to identify the variables that contribute to and moderate the Quality of Life. The sample consists of 119 women from the state of Amazonas (Brazil) with the cervical cancer, in a treatment phase, which were evaluated at level of anxiety and depression, illness perceptions, body image, specific symptoms, spirituality and quality of life. The results revealed that the presence of symptoms of the disease and high levels of anxiety and depression contributed negatively to the Quality of Life. Regarding spirituality, the reflextion and positive interpretation moderated the relationship between the illness perception and Quality of Life. Thus, it is important to intervene psychologically during the treatment in order to reduce psychological morbidity, promote the development of less threatening illness beliefs and recognize the important role of spirituality, contributing to the promotion of the quality of life of women with cervical cancer.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Psicologia Aplicada
URIhttp://hdl.handle.net/1822/61247
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_+Inês+Marques+__.pdf5,69 MBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID