Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/58652

TitleCurrículo, educação básica, ensino e formação humana em contexto de vulnerabilidades e desafios
Author(s)Viana, Isabel Carvalho
Editor(s)Morgado, José Carlos
Sousa, Joana
Moreira, António Flávio
Vieira, Arlindo
KeywordsCurrículo
Contexto de vulnerabilidades
Issue dateMar-2018
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIEd)
CitationViana, I. C. (2018). Currículo, educação básica, ensino e formação humana em contexto de vulnerabilidades e desafios. In J. C. Morgado; J. Sousa; A. F. Moreira & A. Vieira (orgs.). Currículo, Formação e Internacionalização: desafios contemporâneos (pp. 238-254). Braga: Centro de Investigação em Educação (CIEd), Instituto de Educação, Universidade do Minho
Abstract(s)A formação integral das pessoas constitui a sua riqueza, é alavanca do desenvolvimento humano. Este artigo vai além este entendimento e associa o currículo do ensino não superior à riqueza da formação integral das pessoas. Parte da questão nuclear: como pode o currículo ampliar a formação integral das pessoas em contextos de vulnerabilidades e desafios societais tão complexos como, por exemplo, o desemprego, as mudanças no mercado de trabalho, o envelhecimento da população, a pobreza, a violência, a desigualdade de género, a interculturalidade, as necessidades educativas especiais, as alterações climáticas, entre outros. Sabemos que, hoje, a educação destaca um interessante progresso, com impacto no desenvolvimento humano, o número de pessoas escolarizadas aumentou significativamente e o mundo assiste a um conjunto de políticas públicas que procuram criar condições para as oportunidades de trabalho e a sua sustentabilidade e o bem-estar dos trabalhadores, tal como refere o relatório de Desenvolvimento Humano de 2015. Neste cenário, a qualidade da educação é um território plural inteligente alicerçado em direito essencial, capaz de projetar e defender os direitos de todos, de ser equitativa, relevante e perfilada por um conceito de aprendizagem ao longo da vida, conectado com o poder do local. Este entendimento, evidencia um compromisso com uma metodologia de intervenção aberta e participada, com o intuito de gerar desenvolvimento de competências adequadas à participação cidadã inteligente de todos, enquanto espaço e lugar de qualidade e de construção do projeto de vida de todos e de cada um, em territórios inteligentes sustentáveis. A qualidade da educação expressa-se como uma aspiração dos Sistemas Educativos de diferenciados países, consensualizada pela sociedade, em geral, e pelo poder politico, em particular, variando de sociedade para sociedade e de grupo de pessoas para grupo de pessoas. Contudo, é importante refletir em torno do debate sobre a aspiração à qualidade, se prefigurada por políticas neoliberais, se predispor a enformar a educação como um produto ou serviço mercantilizável, legitimada por processos de avaliação em grande escala. No entanto, partimos da convicção de que os contextos de aprendizagem, orientados para o desenvolvimento humano, esculpem lugares com características específicas que se escrevem e reescrevem da cenografia do ambiente experienciado com presença emocional gerada entre o imaginário e o lugar, sem anular a diversidade, onde o constructo cidade educação responde a interrogações das sociedades atuais, de forma a contribuírem para a noção de conhecimento [Pacheco (2014, p. 14) destaca que Conhecimento e educação constituem duas faces complementares de um processo institucionalizado ao longo do tempo que se intersectam na escola pela definição de percursos de aprendizagem (…)]. As pessoas são a essência das Nações, a formação integral, a formação humana deve concentrar-se em ampliar a escolha das pessoas, atribuindo maior destaque à riqueza que constitui a vida Este artigo procura ser um contributo para a discussão que temos vindo a assistir em torno da importância das políticas e instituições educativas promoverem a equidade e inclusão, a educação para o tão apregoado século 21, preocupando-se em conectar as pessoas com o mundo, com o país e a região onde vivem.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/58652
ISBN978-989-8525-57-4
Publisher versionhttp://www3.uma.pt/jesussousa/Publicacoes/113.EBook.pdf
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
icviana E-Book (Currículo, Formação e Internacionalização)-1.pdf1,93 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID