Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/58639

TitleInteresses, Necessidades e Concepções de Adolescentes que Vivem em Instituições de Acolhimento no Domínio da Educação para a Sexualidade
Author(s)Anastácio, Zélia
KeywordsAdolescentes
Interesses de Sexualidade
Educação Sexual
Issue dateJul-2018
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC)
CitationAnastácio, Z. (2018). Interesses, necessidades e conceções de adolescentes que vivem em instituições de acolhimento no domínio da educação para a sexualidade. (Resumo). In G. S. Carvalho, B. Pereira, R. Rosário, T. Vilaça, & Z. Anastácio (Eds.) 5º Congresso Internacional em Saúde: Atividade Física e Saúde - Programa e Resumos. Braga: CIEC, p. 52. (ISBN: 978-972-8952-50-1) (eBook)
Abstract(s)Para diagnosticar interesses, necessidades e conceções sobre sexualidade de adolescentes a viverem em instituições de acolhimento realizou-se um estudo transversal de metodologia quantitativa. Um questionário foi efetuado e validado. Associaram-se variáveis independentes (sexo, idade, nível escolar, tempo em instituições) com as seguintes variáveis dependentes: fontes de informação sobre ES; perceções sobre o papel da ES no desenvolvimento de crianças e adolescentes; responsável por ES; tópicos de sexualidade sobre o qual os adolescentes gostariam de aprender mais. A amostra de conveniência, incluiu adolescentes 114 adolescentes com idades entre 11 e 21 anos (68 meninas; 46 meninos), tendo 60,5% mais de dois anos de institucionalização. Procedeu-se a análise estatística descritiva e inferencial dos dados recolhidos. Os resultados mostraram que os adolescentes querem aprender mais sobre amor, amizade e relacionamentos românticos; adolescência; diversidade, tolerância, orientação sexual e respeito, doenças sexualmente transmissíveis e infeções. Consideram como principal papel da ES ajudá-los a respeitar as diferentes orientações sexuais, a entender a expressão da sexualidade ao longo da vida, a promover a igualdade de direitos e oportunidades entre homens e mulheres. As suas principais fontes de informação são amigos, internet e familiares com idade próxima. Como responsáveis pela sua ES consideram médico, enfermeira e mãe.
TypeAbstract
URIhttp://hdl.handle.net/1822/58639
e-ISBN978-972-8952-50-1
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEC - Comunicações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumoebook_5CIS_Zelia_p52.pdf104,08 kBAdobe PDFView/Open

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID